quarta-feira, 03 de mar?o de 2021
Cultura

Oxalaive recebe escritor Ernesto Dabo, de Guiné-Bissau

Encontro virtual acontece nesta sexta-feira (22), com mediação de Nelson Maca
Ana Cristina Pereira , Salvador | 21/01/2021 às 13:50
Escritor Ernesto Dabo
Foto: Divulgação

Depois do sarau de abertura, a série Oxalaive promove sua primeira entrevista nesta sexta-feira (22/01).  E tem a honra de receber o poeta, músico e jurista Ernesto Dabo, de Guiné-Bissau, que conversa com o escritor Nelson Maca, das 16 às 18h, nos canais do YouTube e Facebook do Coletivo Blackitude - Vozes Negras da Bahia e da Balada Literária. Com encontros semanais até 09 de abril, o projeto celebra a simbologia de Oxalá, e promove uma série de encontros em torno das diferentes estéticas negras – seja na literatura, na arte do grafiteiro Zezé Olukemi ou nas histórias sobre o orixá contadas pelo ator Toni Edson.


Aos 72 anos, Ernesto Dabo é um dos nomes de destaque da cultura guineense. Foi combatente pela descolonização de Guiné-Bissau e de Cabo Verde, tendo participando ativamente da reconstrução do continente africano. Escreveu o ensaio político PAIGC - da Maioria Qualificada à Crise Qualificada (2013), lançou o disco Lembrança (2013) e tem publicado – tanto prosa quanto ficção – em jornais, revistas e livros. Publicou os livros solo de poesia Mar Misto (2011) e Olonko (2018), ambos inéditos no Brasil.


Olonko, que significa caramujo, foi lançado pela editora portuguesa Campo da Comunicação. Ilustrado com fotos feitas por Dabo, reúne poemas em português e kiriol, língua falada na Guiné. “A sua preocupação em abordar várias temáticas é reveladora de um espírito humanista observador da vida do quotidiano onde está integrado mas também de uma atenta visão crítica sobre o mundo contemporâneo, extravasando largamente os limites de sua Guiné natal”, anota o escritor Henrique de Melo no prefácio.


Além de Ernesto Dabo, a Oxalaive vai receber os poetas africanos Ras Tandas (Moçambique) e Elizângela Rita (Angola). Eles se juntam aos brasileiros Geni Guimarães e Luz Ribeiro (SP), Renato Negrão (BH) e Rainha do Verso (RJ), e aos baianos Jocélia Fonseca, Landê Onawale, Jacquinha Nogueira e Guellwaar Adún. Além das conversas virtuais, Nelson Maca apresenta mais dois saraus, nos dias 26/03 e 09/04. Em todos eles participa uma equipe formada pelos poetas Anajara Tavares, Lúcia Santos, Luiza Gonçalves, Jairo Pinto e Vera Lopes.


A Oxalaive tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.


PROGRAMAÇÃO

Ernesto Dabo - Guiné-Bissau - BA (22/01)

Luz Ribeiro - SP (29/01)

Ras Tandas - Moçambique (05/02)

Jocélia Fonseca - BA (12/02)

Renato Negrão - BH (19/02)

Jacquinha Nogueira - BA (26/02)

Sarau 2 (26/02)

Landê Onawale - BA (05/03)

Rainha do Verso - RJ (12/03)                        

Guellwaar Adún - BA (19/03)

Elisângela Rita - (Angola)  (26/03)

Geni Guimarães (SP) (02/04)

Sarau de Encerramento (09/04)

 

FICHA

Evento: Oxalaive

Quando:  sexta-feira (22/01), das 16h às 18h

Transmissão: Youtube/Blackitude-  https://www.youtube.com/channel/UC-baLQfGtn0M6MBEkpEyjeg

Youtube/Balada Literária - https://www.youtube.com/user/baladaliteraria

Gratuito