sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Cultura

EULINA THOMÉ A FEMINISTA DE FEIRA TEM RESGATE NO PROJETO MEMORIAL

Em 1971, Eulina Thomé de Souza ainda era notícia. Na edição 1034 da revista Manchete, foi publicada uma crônica do jornalista e escritor Paulo Mendes Campos
Secom PMFS , Bahia | 04/07/2020 às 09:51
Eluina Thomé de Souza
Foto:
É de Feira de Santana uma das mais vibrantes e polêmicas feministas da história do Brasil. Foi uma das pioneiras na luta em defesa dos direitos da mulher, nas primeiras décadas do século XX. Conferencista de sucesso em todo o país, chegou a ser presa no Rio de Janeiro porque tentou fazer um comício, vestida de homem, nas escadarias do Theatro Municipal. Posou para fotografia vestida de "cowboy", com um rifle do lado. O nome dela: Eulina Thomé de Souza.

A vida da grande feminista feirense, de quem há poucos registros em sua terra natal, está sendo contada, em linhas gerais, no MEMORIAL DA FEIRA, portal mantido na internet pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Comunicação. O vídeo mostra, entre outras coisas, que Eulina Thomé de Souza, já depois de bastante conhecida em outros estados do país, proferiu duas conferências em Feira de Santana, noticiadas pelo jornal Folha do Norte. Em Manaus chegou a fundar e dirigir um jornal cultural chamado Almofadinha, em cujo editorial ela própria diz que a publicação é “o produto vitorioso deste século; ele é tudo, porque representa a vida, a poderosa razão da vida que freme, que se agita, que fala, que grita, que gesticula e estuda poses e cultiva gestos dengosos”.

Em 1971, Eulina Thomé de Souza ainda era notícia. Na edição 1034 da revista Manchete, foi publicada uma crônica do jornalista e escritor Paulo Mendes Campos, relatando as aventuras incríveis da feminista feirense nos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Entre outras coisas, diz que Eulina desafiou várias autoridades, enfrentou um dos mais tenazes perseguidores de Lampião e dormiu na fazenda de uma sobrinha do famoso cangaceiro, assombrando a moça com sua valentia.

O vídeo sobre Eulina Thomé de Souza está na seção Panoramas da Feira. O portal MEMORIAL DA FEIRA pode ser visto na internet, no endereço www.memorialdafeira.ba.gov.br.