segunda-feira, 30 de mar?o de 2020
Cultura

LIVRO "O CHALÉ DO MEU AVÔ" COMPLETA DEZ ANOS DE LANÇADO EM SERRINHA

Memória dos pedacinhos da vida no casarão da família Franco na Serrinha
Tasso Franco , da redação em Salvador | 26/03/2020 às 10:54
Edição esgotada
Foto: BJÁ
  Completa-se dez anos que lancei o livro "O Chalé do meu Avô - pedacinhos da vida" pela Editora Ojuobá em lançamento no casarão onde nascemos, em Serrinha, no dia 25 março 2010, com uma exposição de objetos pessoais do meu pai que estava completando seu centenário (faleceu em 1995) e de parte de sua obra publicada no "O Serrinhense" jornal que editou durante muitos anos no município.

   Naquele momento, da edição de 1000 exemplares, distribuimos mais de 500 gratuitamente as pessoas que foram ao lançamento. Os restantes também foram sendo doados e vendidos na Banca de Val, da Morena Bela. Hoje, passados dez anos, restam poucos exemplares. Os pedacinhos da vida são assim: vão ficando apenas na memória.

   Pelo menos 4 personagens que fazem parte da história do casarão (do chalê do meu avô) e que estavam vivos em 2010 já faleceram. Foram eles: meu irmão Bráulio Paes Franco, Florisvaldo Freitas (Foba), Elisa Silva (Didi) e Cirineu Carneiro, este último casou-se com minha prima Leonor Fiúza no casarão.

   Na foto da capa estão meu pai na sacada do casarão com as 7 netas: Nara, Adriana, Liliana, Lara, Janaina, Thais e Thiana. Abaixo está minha mãe com irmão Bráulio (20/10/1940), que faleceu ano passado; meu pai em frente a livraria "O Serrinhense" e os 4 irmãos numa bacia. (TF)