quarta-feira, 01 de abril de 2020
Cultura

TASSO FRANCO PUBLICA 9º CAPITULO DO GALO MAIS FAMOSO DA BA NO WATTPAD

As Aventuras do Galo estão estão chegando ao final. Falta apenas mais um capítulo.
Tasso Franco , da redação em Salvador | 12/03/2020 às 09:58
Leia no Wattpad
Foto:
   O jornalista e escritor Tasso Franco acabou de publicar o 9º capítulo de "As Aventuras do Galo Cantor Pop da Bahia" no aplicativo canadense Wattpad já à sua disposição para leitura. Neste capítulo ele narra como a empresária do galo pagou o resgate do seu sequestro a um indíviduo chamado Miro "empresário" residente no cafofo do Calabar e, de volta ao terreiro, sentiu que o galo estava deprê.

  Veja como o autor descreve o encontro da comitiva da empresa a residência de Miro: Registrou-se fácil achar seu endereço quando citou esse epíteto na barbearia de Celso Gordo, o mesmo dizendo que a casa do "empresário', apontado como sequestrador virtual, era a quinta na Rua A, na segunda curva da Ladeira a Este do Campo Santo, fácil de achar porque pintada de verde limão com portas de marrom tabaco.

Comitiva posta à frente da porta principal da casa de "Cabeção de Ferro", Fiuzão acionou a campainha e apareceu na porta uma sirigaita para atendê-los, uma pessoa robusta, dentes com aparelho ortodóntico, louraça de salão com mechas, engarapitada em salto alto revelando quadris avantajados, a qual perguntou o que desejavam. 

Doutor Coimbra respondeu dizendo que gostariam de ter um encontro com o "distinto senhor Miro" - assim o tratou - e a moça respondeu que iria consultá-lo, pois, o tal, encontrava-se em descanso numa rede da varanda ouvindo seus curiós e pitando uma cigarrilha Telúrica.

Sendo que, após longas negociações, fixou-se o valor em R$100 mil, sendo R$50 mil no ato da devolução do galo e o restante em cinco notas promissórias de 10 mil reais cada, a vencer a primeira no dia 30 próximo e as demais nos 30 vindouros mês a mês.

E o homem das finanças Gumercindo Vita, já sendo chamado pelo empresário Miro de doutor Vita, retirou de uma pasta preta 50 mil reais em notas de 100 reais cada, novinhas como se tivessem sido sacadas do caixa eletrônico naquele dia e mais as notas promissórias que foram assinadas pelas partes e carimbadas.

Durante todo o percurso Bingo não deu uma palavra. Fiuzão, com sua filosofia popular desconfiou que o galo não só estava deprê mas ficara mudo para sempre.

E agora, o que vai acontecer com Bingo? 

***O livro completo já pode ser lido no kindle Amazon por 4 dólares via iphone.