quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
Cultura

DOM FRANQUITO NO BISTRÔ ARCO DA VELHA APROVA O BACALHAU CAMPÍNHO

Um local intimista onde também ainda funciona um antiquário
Dom Franquito , Lisboa | 16/01/2020 às 13:09
Bacalhau assado e servido com batatas e folhas verdes
Foto: bjá
   No local onde hoje funciona o bistrô casa de chá, pastelaria e restaurante Arco da Velha na Rua São Paulo, em Lisboa, nas proximidades do Cais do Sodré e do Ascensor da Bica, era um antiquário até 2014. 

   Diz-se Simão, o gerente do local, que ainda funciona como antiquário em queima de estoque de algumas peças, mas, é um restaurante a portuguesa com certeza.

   O local é intimista, agradável, belíssimo, aconchegante, poucas mesas e cadeiras e como se os clientes estivessem dentro de um antiquário cercado de peças antigas da velha Lisboa. 

   O nome da casa diz tudo: Arco da Velha. A comida, no entanto, é contemporânea com pratos bem portugueses desde o tradicionalissimo bacalhau na nata ao campinho. 

   Gosto desse tipo de restaurante no modelo bistrô onde se conversa miudinho, as pessoas são clientes no estilo silenciosas, ainda mais nós, yo, la señora Bião de Jesus e su madre Antonia que sentamos ao lado de um jovem e romântico casal japonês desses que fala sussurrando e fica trocando tim-tins nas taças do vinho e dando beijinhos. 

   Aproveitei a dica e também dei meus beijinhos na señora Bião que, como vocês sabem, anda sempre numa elegência de despertar a atenção de estilistas parisienses. Yo é que não deixo ela desfilar numa casa francesa por ciúmes. 

   Que tal um vinho branco chamado Claustrus, aconselhou-nos Simão!

   - Ora, ora nobre Simão que seja servido esse Douro perfumado, respondi.

   - E algo da Serra da Estrela para picar, adicionou la señora Bião.

   E assim o jovem portugues nos atendeu com toda presteza e ficamos a nos enamorar com a casa a madre Antonia já cubando uns pratos antigos para levar à Serra, dito a gloriosa Serrrinha.

   De principal, yo pedi o bacalhau a campinho, mui saboroso e sensivel; la Bião, o tradicional de nata; e sua madre, com saudade da Serra um lombo a moda portuguesa.

   Pratos deliciosos, sensíveis, mui saborosos. O Arco da Velha é como diria a vovó: coisa do arco da velha. Bom demais.

   Claro, na saída, a madre Antonio comprou o prato decorado para levar consigo.

   E Yo, como diz mi nieta Luna, sensualizei ao lado de fora da casa fazendo poses numa banco de madeira com vista para o interior do Arco da Velha. 

   Senti-me o próprio modelo e tenho a impressão que vou desbancar la señora Bião nas preferências das casa da moda de Paris. 

   Convites já tenho.
------------------------------------------ 
Restaurante e Bistrô Arco da Velha
Rua São Paulo,184-186
Tel 218 220 843
Aberto todos os dias
Faça reserva nos finais de semana
acordodavelha2014@gmail.com
Vinho Claustro 12 euros
Nata de bacalhau 11 euros
Bacalhau campinho 13 euros
Lombo 9 euros
Entrada 4 euros
IVA 10%
Todos os cartões
Classificação 3 DONS