quinta-feira, 02 de julho de 2020
Bahia

Hospital Regional Costa do Cacau abre 20 leitos exclusivos para Covid

A abertura da estrutura no HRCC para atender esses pacientes segue determinação do governo estadual,
Comunicação Governo da Bahia , Ilhéus | 05/05/2020 às 19:23
Hospital Regional Costa do Cacau
Foto: Divulgação

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, que tem ala exclusiva para atendimento a pacientes contaminados pelo novo coronavírus (Covid-19), abre a partir desta quarta-feira (6), 20 leitos hospitalares, sendo dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros dez de enfermaria para cuidar das pessoas acometidas pela doença.

A abertura da estrutura no HRCC para atender esses pacientes segue determinação do governo estadual, por meio da Secretaria de Saúde do Estado Bahia (Sesab), como parte da estratégia de combate à Covid-19 no sul da Bahia. "O Governo do Estado tem feito tudo o que está ao seu alcance para contemplar a região sul com leitos exclusivos para a Covid-19,  ambulatoriais e de UTI. O objetivo é prestar o melhor atendimento à população. Mas é importante que as pessoas façam a sua parte e fiquem em isolamento social, que é o melhor método para conter o avanço da doença, utilizado no mundo inteiro”, disse o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

  A unidade hospitalar abriu 20 leitos neste momento, mas sua estrutura está programada para a abertura de mais 20 leitos de UTI e oito de enfermaria, no total. A previsão é que a unidade do HRCC para atendimento da Covid-19 tenha 48 leitos hospitalares. Esses pacientes chegarão à unidade por meio do Sistema de Regulação da Sesab.

 

 

Desinfecção e segurança

 

Todo o fluxo de funcionários do HRCC seguirá um rígido controle de acesso, com a disponibilização de banheiros específicos para higienização, colocação e retirada de Equipamentos de Proteção Individual (EPI's).

  Outra ferramenta importante no combate à propagação do coronavírus já está instalada, que é a câmara de desinfecção produzida por alunos do Senai Cimatec. O equipamento, com estrutura de alumínio, forma um corredor de 2,5m, com tubulação que pulveriza hipoclorito de sódio no profissional que teve contato com o enfermo, diminuindo o risco de contaminação no momento da troca de roupa.

  De acordo com o diretor assistencial do HRCC, Almir Gonçalves, o funcionamento da ala exclusiva para atendimento aos pacientes da Covid-19, diminui exponencialmente o risco de contaminação cruzada no ambiente hospitalar. “Com essas estruturas separadas, ao mesmo tempo em que disponibilizaremos um tratamento especial e direcionado para o acometido pelo novo coronavírus, nós estaremos também resguardando a vida dos pacientes de outras patologias em nosso ambiente para tratamento de outras doenças”, concluiu.

  A enfermeira Diovania Conceição de Oliveira Braga afirma que todos estão enfrentando um grande desafio com a Covid-19 e felizmente vem surgindo inovações que ajudam a reforçar as medidas de prevenção como é o caso do túnel de desinfeção. “O túnel reforça a higienização e proteção dos colaboradores que circulam pelo setor. Não podemos descuidar das orientações do Ministério da Saúde para evitar a disseminação do novo coronavírus. Desta maneira reforçaremos a segurança dos funcionários. Todas as medidas de prevenção foram tomadas pela instituição mediante a entrega e utilização dos EPI's adequados para os nossos colaboradores, paralelo às orientações e treinamentos adequados quanto ao uso dos mesmos”, garantiu.