quinta-feira, 02 de julho de 2020
Bahia

EXEMPLO DE FEIRA: ESCOLAS MUNICIPAIS SE EQUIPAM COM MIL CHROMEBOOKS

“Chromebook em sala de aula: ampliando o uso da ferramenta Google for Education”.
Tasso Franco , da redação em Salvador | 21/04/2020 às 18:41
“Chromebook em sala de aula: ampliando o uso da ferramenta Google for Education”.
Foto:
Aulas mais interativas, criativas, estudantes e professores cada vez mais próximos da tecnologia em sala de aula. Para favorecer este cenário, a Secretaria Municipal de Educação acaba de adquirir um mil chromebooks que serão distribuídos entre as escolas da Rede Municipal de Feira de Santana. Nesta quarta-feira, 22, às 15h, 60 professores participam, em modo virtual, da aula inaugural da primeira etapa de formação para estimular o uso do novo recurso.

Dentre os 60 profissionais estão coordenadores pedagógicos, gestores escolares e também técnicos da Seduc que, num segundo momento, serão multiplicadores da capacitação intitulada “Chromebook em sala de aula: ampliando o uso da ferramenta Google for Education”.

O objetivo do encontro virtual, através de uma ferramenta do próprio Google, é favorecer e estimular a utilização dos chromebooks no ambiente escolar. Eles são aparelhos parecidos aos notebooks, porém, com a especificidade de acessar apenas a “nuvem”. Ou seja, tudo que é produzido e guardado através do equipamento deve estar na Internet.

Ao invés de irem até os laboratórios de informática, os estudantes terão contato com o equipamento em sala de aula. Os professores que participam da formação serão orientados sobre as diversas formas interessantes e divertidas de utilizar os chromebooks nas salas de aula. Eles devem aliar as práticas às ferramentas do Google For Education, como o Hangout, Google Earth e o Google Sites, além de diversos outros aplicativos.

“A principal vantagem do chromebook é ter tudo salvo na nuvem. Mesmo que professores e estudantes trabalhem nos aplicativos da Google, que são diferentes do Windows, tudo pode ser convertido e acessado facilmente em um notebook ou computador”, destaca Luíza Selis Santana, coordenadora do Núcleo de Tecnologias Aplicadas à Educação da Seduc.

A expectativa é que a Rede Municipal de Educação conte com 5 mil equipamentos, com o intuito de atender melhor a todas as escolas. Os chromebooks serão entregues em kits, organizados em armários com rodas que favorecem o transporte entre as turmas da mesma escola.

A formação para os 60 professores será totalmente online e terá a duração de três meses. Os encontros serão divididos em duas etapas: a primeira, que é obrigatória, aborda o uso dos equipamentos, explorando conteúdos do G-Suite for Education – um conjunto de ferramentas desenvolvido para que professores e estudantes aprendam e inovem juntos. Já a segunda, que é opcional, será para que os interessados recebam a certificação Google Internacional, com acompanhamento e agendamento individual das avaliações.