sexta-feira, 03 de julho de 2020
Bahia

Com 52 leitos Covid-19 garantidos, Ilhéus pode saltar para 61 leitos

São leitos específicos para quem contraiu o virus
Tasso Franco , da redação em Salvador | 12/04/2020 às 13:27
Hospital Costa do Cacau
Foto:
Atualmente com 52 leitos exclusivos e garantidos para internamento de casos com coronavírus, sendo 26 leitos de UTI e 26 leitos clínicos, Ilhéus pode saltar para 61 leitos Covid-19 se o Ministério da Saúde aprovar pedido do Prefeito Mário Alexandre, na luta contra o coronavírus.

#Ilhéuscontraocoronavírus – Para a defesa da saúde dos ilheenses frente a pandemia do novo coronavírus, o gestor Mário Alexandre, junto à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), conseguiu ter viabilizado ao todo, 52 leitos exclusivos para internamento de pacientes com Covid-19. Se a solicitação de mais nove leitos for aprovada pelo Ministério da Saúde, Ilhéus contará com 61 leitos somente para internamento de casos de coronavírus.

Atualmente, pelo Sistema Único de Saúde, na unidade hospitalar de referência Covid-19 para Ilhéus e microrregião, a  população ilheense conta com 22 leitos no Hospital de Ilhéus, graças ao trabalho bem sucedido do governo municipal na luta contra o coronavírus junto com a Sesab.  Desses 22 leitos contratualizados no Hospital de Ilhéus, 11 leitos são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 11 leitos são clínicos, de enfermaria.

De acordo com o titular da secretaria municipal de saúde (Sesau), Geraldo Magela, a Sesab já autorizou a solicitação do prefeito Mário Alexandre de mais 9 leitos de UTI, somente para demandas de Covid-19, no Hospital de Ilhéus. “Agora só falta o Ministério da Saúde dar o ok. Sendo a solicitação autorizada, somente no Hospital de Ilhéus serão 20 leitos de UTI, e mais 11 leitos clínicos, com um total de 31 leitos nesta unidade hospitalar de referência Covid-19”, explicou Magela.

Hospital Costa do Cacau – De acordo com o secretário de saúde, a Sesab também já aprovou 30 leitos no Hospital Costa do Cacau para Ilhéus, sendo 15 leitos de UTI, e mais 15 leitos normais.

O médico cardiologista e coordenador do Comitê Operacional de Emergência (COE) de Ilhéus, Dr. André Cezário, explicou que os leitos do Hospital Costa do Cacau exclusivos para o Covid-19 serão utilizados na medida em que forem preenchidos todos os do Hospital de Ilhéus. “Em um segundo momento da expansão da pandemia na cidade de Ilhéus, quando os leitos da unidade hospitalar de referência, que hoje é o Hospital de Ilhéus, forem preenchidos com internamentos de Covid-19, é que os leitos do Hospital Costa do Cacau passarão a ser utilizados”, explicou.


A orientação da Sesab, é que as unidades hospitalares separem as alas de leitos para pacientes com Covid-19 dos pacientes com outras patologias, a fim de que não haja a mistura dos pacientes. “Como protocolo estabelecido pelos órgãos de saúde, tanto no Hospital de Ilhéus, quanto no Hospital Costa do Cacau, existem enfermarias e alas separadas e exclusivas para os pacientes infectados pelo coronavírus”, garantiu o médico.