sexta-feira, 18 de setembro de 2020
Bahia

Lauro: Prefeitura prorroga suspensão de aulas por mais quinze dias

As aulas foram prorrogadas nas redes pública e privada



Imprensa Lauro , Lauro de Freitas | 31/03/2020 às 11:54
Lauro: Prefeitura prorroga suspensão de aulas por mais quinze dias
Foto: Divulgação

Em novo decreto de nº 4.599, publicado nesta segunda-feira (30), a Prefeitura de Lauro de Freitas mantem, por mais quinze dias, a suspensão das aulas nas redes pública e privada de ensino, e o funcionamento de estabelecimentos comerciais. As suspensões foram determinadas em decretos publicados nos dias 13, 16 e 17. Desde o início da pandemia, a gestão municipal já publicou nove decretos com medidas voltadas a não proliferação do novo coronavírus (COVID-19).

De acordo com o decreto, permanece suspenso, por mais quinze dias, o funcionamento de academias, cinemas, teatros, auditórios e demais casas de espetáculos, parques infantis privados, clubes sociais, clubes de natação, estúdios, clubes de lutas e artes marciais. Os alunos da rede municipal pública começaram a receber, no último sábado (28), kits alimentação da merenda escolar.

Os kits garantem a  alimentação dos quase 28 mil alunos da rede. A expectativa da Prefeitura é que até esta quarta-feira (01/04) todos tenham sido entregues. Para receber os alimentos, os pais ou responsáveis devem procurar as escolas onde os seus filhos estão matriculados. A relação das unidades de ensino, assim como as datas e horários, podem ser consultados no site www.laurodefreitas.ba.gov.br.

Também seguem suspensas no município as atividades de bares, restaurantes, pizzarias, churrascarias, lanchonetes e food trucks, casas de show e espetáculos de qualquer natureza, boates, danceterias e salões de dança, casas de festa e eventos, clínicas de estética e salões de beleza, entre outros, de acordo com decreto nº 4.596, ainda em vigor, que também autoriza os estabelecimentos a oferecerem o serviço de “delivery”.

Estão autorizados a funcionar os seguintes estabelecimentos: lojas de material de construção e limpeza, oficinas mecânicas e lojas de autopeças e assistência técnica, escritórios que não estejam em centros comerciais, lavanderias, lojas que comercializem equipamentos de proteção individual (EPI’s), açougues, serviços de limpa fossa, lojas que comercializem insumos de saúde e postos de gasolina.


Minimização de impactos


Na última sexta-feira (27), a gestão municipal anunciou outras medidas para minimizar os efeitos negativos, na economia de Lauro de Freitas, provocados pelo fechamento de parte do comércio. Foi prorrogado o vencimento da cota única e da primeira parcela da Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF), que venceriam no próximo dia 31, para 30/04, e a suspensão da inscrição em dívida, dos exercícios de 2018 e 2019, até 30 de junho. Confira as outras medidas acessando o link http://abre.ai/minimizacaodeimpactos