quinta-feira, 06 de agosto de 2020
Bahia

Inscrições para o Mais Estudo acabam nesta quarta-feira(4)

Estado inscreve até esta quarta-feira (4) para 10 mil vagas de monitoria do programa Mais Estudo
Ascom Educação , Salvador | 04/03/2020 às 10:02
Monitoria do Projeto Mais Estudo
Foto: Josenildo Almeida

Terminam, nesta quarta-feira (4), as inscrições para 10 mil vagas do Programa Mais Estudo. O programa, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado, contemplará com uma bolsa de R$ 200, por mês, de março a maio, estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 3º ano do Ensino Médio e da 4ª série da Educação Profissional, para que possam dar monitoria em Língua Portuguesa e Matemática aos colegas, contribuindo para o processo de ensino e aprendizagem. O investimento é de R$ 6 milhões nesta primeira etapa do programa para o ano letivo de 2020.

  Para participar, além de estar regularmente matriculado, o estudante deve ter obtido média igual ou superior a oito na disciplina que pretende atuar como monitor. Além disso, as unidades escolares precisarão fazer a adesão ao programa, preenchendo um formulário disponibilizado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), mesmo site para que as escolas realizem a inscrição. Também caberá à escola a seleção dos estudantes, bem como mobilizar e registrar, em documento próprio, os professores e/ou articuladores que irão atuar como supervisores dos estudantes monitores. A relação dos estudantes selecionados deverá ser encaminhada à SEC até sexta-feira (6).

  Sobre o Mais Estudo - O programa foi lançado em 2019, quando foram oferecidas 10 mil vagas. As aulas aconteceram no turno diferente ao qual os estudantes estão matriculados. Com a linguagem própria da juventude, os monitores ajudaram os colegas a desenvolverem seus conhecimentos e habilidades, tanto que já há registros de melhoria nas notas dos envolvidos e de redução da reprovação. Os monitores são acompanhados por professores supervisores e coordenadores pedagógicos.

  Saiba mais Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)