sexta-feira, 30 de outubro de 2020

NORDESTE INDEPENDENTE NÃO É UMA UTOPIA

Ubirajara Santana
20/12/2010 às 10:26
Foto: DIV
Nordeste quebrou tabu ao implantar a Ford na Bahia

A região nordestina é formada pelos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Paraíba e Bahia. A economia nordestina vem apresentando um grande crescimento nesses últimos anos. A mão de obra barata, a concessão de benefícios fiscais pelos governos dos estados do nordeste atraíram muitas empresas do sul e sudeste em fuga da pesada carga tributária, fiscal e dos grandes salários. Foi assim com a FORD, a MONSANTO e muitas outras.

A nossa região é a segunda produtora de petróleo do país e a maior na extração de petróleo em terra. Possuímos o maior rebanho de caprinos do país. Noventa e sete por cento (97%) da produção nacional de camarões em cativeiro vêm da nossa região. Bem como a cana de açúcar, a lavoura irrigada de frutas tropicais vem crescendo em importância na produção nacional. O meu estado (Bahia) é o primeiro no ranking na produção de bananas do Brasil e o segundo maior produtor e exportador de frutas frescas do país.


Com o término da transposição do Rio São Francisco previsto para 2011 a produção agrícola do nordeste irá triplicar. A Bahia e Sergipe possuem o maior PIB industriais (estadual) da região: A Bahia com 28,2 % e Sergipe com 30,6%. A construção civil também teve um grande crescimento nos últimos anos e apresentam grandes perspectivas de crescimento na próxima década.


Não é a toa que depois de longos estudos de viabilidade econômico-financeira levaram o Grupo Cornélio Brennand a se instalarem no estado de Pernambuco e mais recentemente, os executivos da CEBRACE anunciaram aqui em Salvador no último dia 25 de novembro, a instalação do sexto forno da companhia aqui na Bahia, previsto para o primeiro trimestre de 2013.

Os poetas do nordeste já cantaram em versos e prosa o nosso futuro: "Já que existe no sul esse conceito, que o nordeste é ruim, seco e ingrato, já que existe a separação de fato, é preciso torná-la de direito, quando um dia qualquer isso for feito, todos dois vão lucrar imensamente, começando uma vida diferente, de que a gente até hoje tem vivido. Imaginem o Brasil ser dividido, e o nordeste ficar independente!".


Ubirajara Santana é empresário em Salvador desde 1982 no ramo vidreiro