sexta-feira, 30 de outubro de 2020

PINCELADAS EM TRÊS FILMES INCLUINDO O BRUXINHO

Diogo Berni
12/12/2010 às 09:11
Foto: DIV
Destinos Cruzados com roteiro baseado no livro de Warren Adler
  Escrevendo sobre cinema vi Harry Potter, Destinos cruzados, e A rede social.

  Destinos cruzados é o melhor. Narra à estória de uma camponesa inglesa, se não me engano, e um afro - frances. Os dois procuram os filhos depois de um atentado terrorista em Londres.

  A estória fica boa no decorrer da película com os seus detalhes, com os olhares de câmera auspiciosos e singulares, com as suas individualidades culturais, raciais, e porque não individuais?
 
  O ritmo de Destinos Cruzados é lento, mas não deixa tirar suas íris da tela por seus detalhes de (enfraquecimento) humano. O ator é um negrão de 2 metros de altura e a atriz é uma de um metro e meio no máximo.

  Isso também serve de contraste para a situação social que o filme impõe aos seus protagonistas. Filme lento mais filme com roteiro e por isso bom.

  A Rede Social é o contrário: filme rápido. Não de ação, mas de atitude, de pensamento, de modo que fiquei me achando no inicio e depois assimilando e vendo o colé do filme que mostra a estória do facebook, onde um nerd aparentemente besta e à toa, se torna um grande estrategista colocando a baixo muitos cults de MBA e o caralho a quatro.

  Faltou escrever do Harry Potter, é assim mesmo que se escreve? Gostei do filme, mostra o lado mais sinistro mesmo da saga e por isso me levou a assisti-la, pois os outros não tinha gostado.

  Nesse o ambiente é mais cinza, ele mais escroto, traindo o amigo e roubando sua namorada. Quem não assistiu os antigos vai se perder um pouco no inicio, mas nada de comprometedor que possa deixar de entender o filme do bruxinho, agora mais sacaninha do que nunca.