quinta-feira, 26 de novembro de 2020

A PROVA INCONTESTÁVEL DA DEMOCRACIA EM CAMAÇARI

Luiza Maia
04/10/2009 às 20:01

 

Luiza Maia é formada em letras pela UFBA e presidente da Câmara de Camaçari

Com a sabedoria de quem é um dos pensadores mais importantes da história da humanidade, o alemão Karl Marx afirmou em um dos seus livros que a prática é a teoria da verdade. Em outras palavras, de nada vale o que só existe no campo do discurso, o que importa pra valer é a concretização dos fatos.


Neste sentido, Camaçari vive hoje, no sentido mais amplo da palavra, uma democracia de verdade. A prova cabal disso foi dada no desfile em homenagem aos 251 anos do município, realizado dia 28 de setembro na avenida Radial A.


Foram montados três palanques ao longo da via, episódio inaceitável pelos gestores que comandaram o município - por mais de uma década - sob a cartilha do carlismo, modelo de organização da máquina pública baseado na repressão, concentração de poder e intolerância aos movimentos sociais. A última edição do desfile cívico fluiu na mais absoluta tranqüilidade.


Nunca é demais lembrar que o prefeito Luiz Caetano, assim como os movimentos sociais e toda a militância dos partidos de esquerda, foram - durante sucessivos anos - vítimas da truculência arquitetada pelos ex-mandatários, que tentavam abafar a todo custo a combativa e criativa oposição da época.


A oposição de agora é respeitada, embora não tenha tido comportamento semelhante quando comandou a Prefeitura. Isso porque entendemos que a sociedade é repleta de opiniões divergentes; é heterogênea por natureza. Além do mais, é estratégico abrir espaço para que o outro lado exponha o seu ponto de vista. Quem tiver maior fundamentação, poder de argumentação e qualidade vencerá o embate.


É por pensar desse jeito que temos o respaldo e a aprovação da população, que reafirmou o compromisso com o nosso projeto na última eleição, quando obtive uma das maiores votações proporcionais da história de Camaçari, com 3.901 votos, e o prefeito Caetano cravou 73% da preferência do eleitorado.


Esse reconhecimento é fruto da postura democrática do PT e da frente partidária que dão sustentação ao governo popular instalado desde 2004 na cidade do Pólo Petroquímico e da Cidade do Saber.


Somos forjados na luta e não temos medo do debate, seja ele qual for. Cara feia, então, nunca nos assustou. Temos clareza de que, mais do que estilos e personagens políticos, o que deve ser avaliado são os projetos. E mais importante é o fato de que temos colocado em prática as idéias. No âmbito do legislativo, a criação da Ouvidoria, a TV Câmara e Tribuna Cidadã, que dá voz aos que historicamente nunca tiveram vez, são provas cabais.


O nosso projeto de transformação é único e especial porque é executado com o amor de quem conhece a cidade e sabe que a prática é quem diferencia os agentes políticos.