quarta-feira, 26 de junho de 2019
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

SEGUNDONA: SÃO BENTO SUBJUGOU LEÃO NA TOCA, 1x3

Com o resultado, o Vitória cai para 15 lugar, com apenas três pontos ganhos e se aproxima da zona de degola
18/05/2019 às 10:36
Feio. Dos quatro jogos que disputou até agora pela Série B o Vitória perdeu três. Mais uma derrota em casa nesse sábado, de virada (3 x 1) para o fraco São Bento que venceu o seu segundo jogo na temporada 2019. E logo fora de casa e em cima do Leão.

  Mais. A defesa do Vitória é a que mais sofreu gols na competição: 10, em quatro jogos.

  Com o resultado, o Vitória cai para 15 lugar, com apenas três pontos ganhos, e pode ainda perder uma casa com o decorrer da rodada. Dorme a um ponto da zona da degola.

  O treinador Tencatti resiste?  

   

*

  O panorama

 Vitória 1 x 3 São Bento de Sorocaba (SP), Barradão, 4ª rodada. Ainda pouca gente nas arquibancadas (pouco mais de sete mil), tarde limpa de outono.  O São Bento entrava em campo na zona de degola, com apenas um ponto ganho. Saiu, foi a 4 pontos. O rubro-negro, com três, encostou na área do perigo. Pode ser ultrapassado pelo Sport, que encara o América mineiro neste domingo.   

O líder é o Londrina, com 10 pontos ganhos. Seguido pelo Botafogo de Ribeirão Preto, com 9, mas que ainda joga em casa contra o Vila Nova.  

*

  Garimpando uma equipe

  Renovação total, reformatação de equipe, a busca de uma escalação ideal, competitiva, e de um jeito de jogar adequado à Série B, uma competição diferente, pegada, de pouca técnica e muita disputa, equilíbrio. Depois da chegada do novo presidente faz-tudo Paulo Carneiro, 16 atletas caíram fora. E quase todo dia tem caras novas na Toca do Leão.

  Contra o São Bento, estrearam o apoiador Marciel, no gol o garoto Lucas, e na lateral direita Farinha (meio-campista na Base); no banco, o zagueiro Dedé, o meio-campista Mateus Manga e o avante Anselmo Ramon. Três novos jogadores chegaram esta semana, já treinando: Do Athlético Paranaense vieram o zagueiro Zé Ivaldo, de 22 anos, e o meia Gedoz, de 25; mais o  meia-atacante  Wesley, do sub-20 do Palmeiras.

  O treinador Claudio Tencatti tem tido muito trabalho para montar uma equipe com jogadores que se adaptem e se encaixem num bom conjunto. Muitos nem se conhecem. Cada dia tem uma cara nova, a cada partida tem de mexer aqui e acolá na escalação. Só os bons resultados em campo podem ajudar. A briga pela titularidade é insana. O torcedor quer triunfos. Mas, quando ?

 

*

  Cadê o doutor?  

  Atraso de cinco minutos no começo da partida, por falta de ambulância no estádio.  Disseram que a dita cuja quebrou quando estava a caminho do Barradão. Logo chegou uma do SAMU, e...

*

  A bola rolou

  Logo que o juiz apitou o Leão foi pra cima, na pressão, como é costume em sua toca. Os  visitantes encolhidos, fechadinhos. O rubro-negro teve duas chances em faltas na entrada da área inimiga, ambas chutadas por Neto Baiano na barreira; e outra logo no comecinho, num bate-rebate da defensiva paulista que os atacantes baianos não souberam definir. O São Bento assustou com uma cabeçada de Minho para defesa, no chão, do jovem goleiro Lucas. Isso foi o que aconteceu de melhor até os 20 min.

  O tempo passava, o Vitória com a iniciativa, alçando bolas, chutando pouco. Mas, no contragolpe, aos 34 minutos, Capa errou um drible no meio campo adversário e Ze Roberto roubou, esperto, entrou livre em velocidade e cedeu em profundidade para Régis, de cara; o chute forte saiu alto e foi desviado pelo goleiro.

  No lance seguinte, um rápido contra-ataque do rubro-negro e o goleiro paulista, driblado, chocou-se com o atacante Ruan Levine. O árbitro entendeu como pênalti. Nickson cobrou, telegrafado, e o goleirão defendeu.

 Na sequência ... 

- Gol !  1 x 0 Vitória, aos 37  minutos. Felipe Garcia subiu de cabeça, desviando na pequena área a cobrança de um escanteio, por Nixon, da esquerda. E o Leão saiu na frente.

  Aos 44’, noutra arrancada de Felipe Garcia pela direita, Nixon bateu forte, o goleiro deu rebote mas Neto Baiano perdeu a chance de ampliar.

  Placar justo no primeiro tempo; o Vitória teve sempre a iniciativa, atacou mais, buscou o gol. O São Bento, no contragolpe, assustou, desperdiçou uma ótima chance de abrir o marcador. Na sequência, o Leão perdeu um pênalti  mas marcou após cobrança de escanteio. Nada definido.

  *

  Depois do intervalo, vimos um São Bento em campo mais animado, acreditando, ousando ofensivamente, equilibrando as ações, apertando a marcação mais à frente. Aos 7’,  num chute de fora, quase o goleiro Lucas papou um frango. Aos 8’, Minho chutou de longe, pelo alto e o garoto Lucas espalmou bem. O time paulista todo em cima, pressionando. Cadê o Leão?

 - Gol ! 1 x 1, Elton colheu bem de cabeça um cruzamento de Regis, da direita. Aos 9 minutos, empatando o placar. Subiu livre, pra variar.  

  Aos 15’, o rubro-negro parecia ter acordado.  Após cobrança/bola parada, o zagueiro Éverton Sena testou, a bola passou perto do poste. Reanimou a torcida, que estava calada. 

  Aos 20’, a entrada de Anselmo Ramon, estreante, no lugar de Neto Baiano. Depois, saiu Nickson e entrou Mateus Manga, outro estreante.

 Os ponteiros do relógio andavam e o Leão mostrava-se já sem força ofensiva; o São Bento parecia satisfeito com o empate, na moita. Poucos lances de área.

 - Gol !  2 x 1 São Bento, a virada chegou aos 33 min.  Contragolpe, a defesa baiana aberta, Regis disparou pela direita e arrematou forte; o goleiro Lucas conseguiu rebater com as mãos, mas a bola sobrou para a cabeçada, livre na pequena área, do apoiador Fábio Bahia.

  O Leão, agora na garra, na vontade, mesmo de forma desarrumada foi todo ao ataque, tentando diminuir o estrago, em casa, o torcedor indignado nas arquibancadas.

Então, com o time vermelho e preto todo na frente, aos 49 minutos ...

- Gol ! 3 x 1, Regis, o melhor em campo, recebeu pela direita de Zé Roberto, na área, deixou os marcadores na saudade, evitou o goleiro e definiu, colocado.

 Muitas vaias injuriadas no final.  Teve jogador do São Bento chorando, acreditem.

*  

  Ficha Técnica

- Vitória : Lucas, Farinha (Uélisson), Éverton Sena, Ramon e Capa; Leo Gomes, Marciel  e Nickson  (Mateus Manga); Ruan Levine, Neto Baiano (Anselmo Ramon) e Felipe Garcia. Treinador, Tencatti.

- São Bento : Paulo Victor, Bruno Moura, Wesley, Élton e  Mansur; Fabio Bahia, Pablo (Cafu), Paulinho e Régis; Minho (Doriva) e Zé Roberto.  Treinador, Doriva.

No apito, José Mendonça da Silva Jr (PR)

*

  O próximo compromisso do Leão, pela 5ª rodada, será no domingo à tarde, dia 26, em Goiânia, contra o Atlético (GO). Pedreira.

**

  Minha escolha dos melhores que vi jogando com a camisa do Vitória:

  Dida (Detinho), Rodrigo, Tinho, Nelinho e França; Cleber Carioca (Bigu), Ramon Menezes (Bebeto) e Petkovic; Osni, Fischer (Ricky) e Mário Sérgio.

 

**

  Neste domingo, dia 19, pela Série A, o Bahia enfrenta o São Paulo, no Morumbi. A partida acontece às 11 h da matina.

**