TV

O OUTRO LADO DO PARAÍSO: Sophia confessa crime e morre em queda

Último capítulo da novela O Outro Lado do Paraíso
Da Redacion ,  Salvador | 11/05/2018 às 12:59
Marieta Severo, no papel de Sophia
Foto:
   Segundo o portal Terra, depois de 172 capítulos e quase 7 meses marcados por reviravoltas, vinganças e assassinatos, o último capítulo da novela "O Outro Lado do Paraíso" vai ao ar esta sexta-feira (11). Entre os finais já definidos Sophia (Marieta Severo) admite ser uma serial killer, é levada para um hospício e encontra a morte ao despencar de um penhasco enquanto sua arquirrival, Clara (Bianca Bin), sobe ao altar com Patrick (Thiago Fragoso) e é chamada de mãe pela primeira vez pelo filho, Tomaz (Vitor Figueiredo).

A trama de Walcyr Carrasco reserva ainda participações especiais de Pabllo Vittar e Gleici Damasceno, vencedora do "BBB18", e a morte de Caetana (Laura Cardoso). Confira os principais desfechos da novela das nove.

Vítima de tesouradas da vilã e enterrado vivo, o garimpeiro aparece no julgamento da assassina ao lado da Mãe do Quilombo (Zezé Motta) provocando uma reviravolta no tribunal. "Nenhum de vocês sabe o que é levar tesoura na barriga. A dor. Eu tentei me defender. Mas a vida tava saindo de mim. Aí veio uma escuridão. Desmaiei. Quando acordei, tavam me enterrando. Ela e aquele lá, o Zé Victor (Rafael Losso). Eu não podia abrir a boca pra mostrar que tava acordado, porque aí terminavam de me matar", relata. O depoimento culmina com o pedido de prisão do chefe do garimpo.

Sophia confessa mortes, surta no hospício e morre

Surpreendida pelo ex, a mãe de Gael (Sergio Guizé) fica acuada e acaba admitindo ter matado. Mas Sophia alega legítima defesa. "Eu perdi a cabeça. E todos, todos continuaram a me chantagear, a me colocar contra a parede. Eu tive que me defender. A vítima fui eu", dispara. Após um laudo de Samuel (Eriberto Leão), a megera é levada para um hospício. No local, chega a agredir uma médica, reclama da comida e é abandonada por quase toda a família, recebendo somente a visita de Estela (Juliana Caldas) e Amaro (Pedro Carvalho). Tempos depois, Sophia passa a ver os espíritos de todos que matou e ao andar sem direção no sanatório, se desequilibra e cai de um penhasco para a morte.