quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Turismo

Museu Picasso, dica imperdível para quem visita Barcelona


Pablo Picasso esteve muito unido a Barcelona desde sua juventude
Nara Franco , RJ | 06/08/2018 às 18:32
Museu de Pablo Picasso
Foto:

O Museu Picasso, em Barcelona, tem em seu acervo de mais de 4.251 obras do artista nascido em Málaga. É a maior coleção de obras de Picasso do mundo. o Museu tem ainda a coleção mais completa do mundo das obras da juventude de Picasso, sendo o melhor ponto de referência para o conhecimento dos anos de formação do artista. 

Pablo Picasso esteve muito unido a Barcelona desde sua juventude, por isso quis que a cidade tivesse uma recordação sua para sempre. Aberto ao público em 1963, o museu foi criado na cidade condal por vontade do próprio artista e graças à colaboração do seu amigo Jaume Sabartés.

O museu é composto por 5 grandes palácios de estilo Gótico Catalão ao longo dos quais são exibidas as obras de Picasso organizadas cronologicamente. Os palacetes foram reformados em grande parte, mas ainda é possível encontrar algumas zonas originais onde se pode ver o estilo de vida da elite da cidade durante o século XIX.

Além da exposição permanente que mostra as fases do artistas e seus diferentes estilos, o museu conta ainda com exposições. Atualmente está em cartaz "A Cozinha de Picasso", com obras e objetos criados pelo artista ligado à gastronomia e culinária. A exposição estará em cartaz até 25 de setembro. 

No museu é possível curtir uma extensa coleção de obras do famoso pintor, entre as quais se destacam “Homem com boina”, “Retrato da tia Pepa”, “Ciência e caridade”, “O divã”, “A mulher da coifa”, “O abraço”, ou a particular versão do artista de “As Meninas”.

O local merece uma visita com calma, sem pressa, para entender a genialidade do pintor. Há áreas cobertas e descobertas e os palácios, por si só, já são um atrativo. Há visitas guiadas e visitas em grupo. Pelas obras, é possível notar as alterações no estilo de Picasso, a influência de sua vida particular em suas obras e de amigos famosos.

O museu funciona às segundas, de 10h às 17h, e de terça a domingo de 9h às 20h30. Às quintas, de 9h às 21h30. Se a grana estiver curto, a vista é gratuita no primeiro domingo de cada mês e às quintas de 18h às 21h30. O ingresso custa 12 Euros para a exposição permanente e 14 Euros se você quiser ver, além da coleção, a exposição temporária.

O local fica na parte gótica da cidade, no centro. As ruas apertadas são repletas de turistas e bares. Por isso, evite files e compre seu ingresso com antecedência.