quinta-feira, 21 de setembro de 2017
Turismo

DEPOIS DO FURAÇÃO Ilhas Virgens derruba turismo e povo passa fome

Com Mail Daily informações
Da REdação , Salvador | 12/09/2017 às 15:58
Fila da cesta básica para atender a população nativa
Foto: Reuters
Quarenta presos "de alto risco" escaparam nas Ilhas Virgens Britânicas após o furacão Irma, enquanto os ilhéus agora lutam pelos últimos restos de comida e os turistas evacuados choram com alívio de que o seu inferno acabou
Até terem 40 atos de alto risco, temem-se fugir das Ilhas Virgens Britânicas depois de fugir durante o furacão Irma, revelou um documento do governo.

Houve relatos generalizados de saque em uma das ilhas, Tortola, depois que os presos entraram em uma prisão em meio ao caos durante a tempestade de 185 mph.

As fotos de um documento de informações do gabinete britânico revelaram que as autoridades estão tentando "assegurar a transferência dos prisioneiros" para a ilha de Santa Lúcia.

Vem quando as imagens surgiram de turistas exaustos sendo evacuados da ilha holandesa e francesa de St Martin como parte de um grande esforço de socorro internacional.

Moradores famintos na ilha recorreram a combater uns aos outros por comida enquanto os turistas ficavam no aeroporto e choravam de alívio quando estavam sendo evacuados da "destruição da escala bíblica". Centenas de turistas ainda estão tentando sair, com dezenas de filas fora do aeroporto Princess Juliana, que foi deixado em ruínas na tempestade.
Houve relatos de pessoas se armarem com machetes para se defenderem na ilha, enquanto um soldado disse que estava parando tentando pilhagens a cada dez minutos.

O secretário de Relações Exteriores, Boris Johnson, está preparado para voar para as Ilhas Virgens Britânicas e Anguilla "nos próximos dias" como parte de uma visita a territórios britânicos devastados pela tempestade.