ter?a-feira, 23 de julho de 2019
Tecnologia

Fala Salvador registra mais de 670 mil demandas no primeiro semestre

83% das demandas são de solicitações para execução de serviços municipais
Secom Salvador , Salvador | 10/07/2019 às 14:26
Fala Salvador
Foto: Jefferson Peixoto/Secom
Cerca de 670 mil registros foram realizados através do Programa Fala Salvador, da Ouvidoria Geral do Município (OGM), entre janeiro e junho de 2019. Do total, 83% das demandas são de solicitações para execução de serviços municipais. O restante foi referente a pedidos de informação, elogios, reclamações, serviços emergenciais e cumprimento da Lei de Acesso à Informação.
O programa Fala Salvador atua como uma plataforma integrada de relacionamento com o cidadão que é atualizada constantemente. Os registros são feitos através do site www. falasalvador. ba. gov. br, da Central Disque Salvador 156 e do atendimento presencial nas dez unidades das Prefeituras-Bairro, na Ouvidoria Setorial e na sede da instituição, no Comércio.
O ouvidor-geral do município, Humberto Viana, afirma que, a partir da interação com os solicitantes, são feitas as mudanças necessárias para a melhoria do serviço. “Nos últimos cinco anos, foi possível melhorar a plataforma de relacionamento com o cidadão e, mais recentemente, reformular o Portal Fala Salvador e os catálogos de serviços da Prefeitura. Criamos uma dinâmica de trabalho, por meio da Coordenação de Monitoramento, que possibilita maior eficácia no cumprimento dos prazos estabelecidos por cada órgão na execução do serviço”, elenca.
Demandas – As secretarias municipais de Saúde (SMS), do Trabalho, Esporte e Lazer (Semtel), de Ordem Pública (Semop) e de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), juntas, reúnem 59,75% dos registros – os demais órgãos somam 40,25%. Os serviços mais demandados são os de marcação de consulta e exames (13,53%); pesquisa de emprego no SIMM (8,51%); Cartão SUS (7,91%) e Bolsa Família (7,64%).
Serviços a exemplo de solicitação de reparos em iluminação pública, agendamento para o Programa Primeiro Passo e fiscalização de Poluição Sonora também integram o rol das principais demandas do sistema. Com a atuação conjunta dos órgãos municipais, 95,69% das solicitações recebidas até o momento já foram concluídas.
"Foi possível obter, através do Fala Salvador, uma comunicação mais ágil entre os órgãos, o que permite uma redução considerável no tempo de resposta. O cidadão pode acompanhar o processo através de qualquer um dos nossos canais, bastando apresentar o número de protocolo registrado ao fazer a solicitação", explica a coordenadora de Atendimento ao Cidadão da Ouvidoria, Flávia Ribeiro.