quinta-feira, 04 de mar?o de 2021
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

TÁ DIFICIL ABRIR: TAXA DE OCUPAÇÃO DE LEITOS PACIENTES COVID SOBE: 81%

Como perguntar não ofende, como vão as investigações sobre os respiradores comprados pelo consórcio Nordeste da Bahia presidido pelo governador Rui Costa (PT) e não entregues até hoje? Foram consumidos R$48 milhões.
09/07/2020 às 09:48
  MIUDINHAS GLOBAIS:

  1. (BRASIL):O Brasil tem 68.355 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta quinta-feira (9), aponta levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

  2. A atualização das 8h registrou 68.089 mortos e 1.719.660 casos confirmados pelo coronavírus.
O consórcio divulgou na quarta-feira (8), às 20h, o 31º balanço, com os dados mais atualizados das secretarias estaduais naquele momento.

  3. Veja os dados atualizados às 13h desta quinta-feira (9): 68.355 mortos;1.727.279 casos confirmados

  4. (BAHIA): Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.783 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 2,9%), 51 óbitos (+2,2%) e 2.548 curados (+3,8%). Dos 98.319 casos confirmados desde o início da pandemia, 69.098 já são considerados curados, 26.893 encontram-se ativos e 2.328 tiveram óbito confirmado.

   5. As confirmações ocorreram em 394 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (42,90%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.419,53), Itajuípe (2.283,93), Ipiaú (1.868,20), Lauro de Freitas (1.590,41) e Itabuna (1.552,37).

   6. O boletim epidemiológico contabiliza 98.319 casos confirmados, 194.329 casos descartados e 98.644 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (9).

   7. Na Bahia, 10.760 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

   8. Taxa de ocupação: Na Bahia, dos 2.351 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.531 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 898 leitos exclusivos para o coronavírus, 730 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%.

   10. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 96% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Sul, com 92%.

  11. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

  12. Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.328 mortes pelo novo coronavírus.

2278º óbito – mulher, 63 anos, residente em Canudos, portadora de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Canudos;

2279º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2280º óbito – homem, 75 anos, residente em Camacan, portador de diabetes, doença cardiovascular e neoplasias, foi internado dia 31/05 e foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Camacan;

2281º óbito – mulher, 65 anos, residente em Ilhéus, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2282º óbito – mulher, 49 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2283º óbito – homem, 60 anos, residente em Ilhéus, portador de doença renal crônica, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2284º óbito – homem, 91 anos, residente em Ilhéus, sem comorbidades, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 23/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2285º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dias 22/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2286º óbito – homem, 78 anos, residente em Ilhéus, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2287º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ubaíra, sem comorbidades, foi internada dia 22/06 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2288º óbito – homem, 68 anos, residente em Ilhéus, portador de doenças endócrinas e nutricionais, foi internado dia 16/05 e foi a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2289º óbito – homem, 84 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 26/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2290º óbito – homem, 68 anos, residente em Casa Nova, portador de diabetes, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede particular, em Araripina, Pernambuco;

2291º óbito – mulher, 92 anos, residente em Ubaitaba, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Ubaitaba;

2292º óbito – homem, 62 anos, residente em Ilhéus, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2293º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2294º óbito – homem, 82 anos, residente em Ipirá, portador de hipertensão arterial, neoplasias e doença renal foi internado dia 21/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2295º óbito – homem, 101 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 05/07 e foi a óbito dia 07/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2296º óbito – homem, 84 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2297º óbito – homem, 34 anos, residente em Sento Sé, portador de doença cardiovascular e doença hepática, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede filantrópica, em Juazeiro;

2298º óbito – homem, 61 anos, residente em Morpará, portador de neoplasias, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

2299º óbito – homem, 85 anos, residente em Casa Nova, sem informação de comorbidades, foi internado dia 02/07 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Casa Nova;

2300º óbito – mulher, 91 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e doença do sistema nervoso, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2301º óbito- mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 16/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2302º óbito – homem, 67 anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 16/06 e foi a óbito dia 17/06, em unidade da rede pública, em Eunápolis;

2303º óbito – homem, 75 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em, Salvador;

2304º óbito – homem, 93 anos, residente em Itamaraju, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 03/07 e foi a óbito dia 08/07, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

2305º óbito – homem, 30 anos, residente em Juazeiro, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Itamaraju;

2306º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2307º óbito – homem, 52 anos, residente em Candeias, portador de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internado dia 21/05 e foi a óbito dia 24/05, em unidade da rede pública, em Candeias;

2308º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, foi internado dia 28/06 e foi a óbito na mesma data (28/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

2309º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 28/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2310º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 15/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2311º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doença cardiovascular e neoplasias, foi internada dia 30/06 e foi a óbito no dia 06/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2312º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e neoplasias, foi internado dia 30/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2313º óbito – homem, 63 anos, residente em Itabuna, portador de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2314º óbito – homem, 69 anos, residente em Barro Preto, portador de diabetes e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 21/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2315º óbito – homem, 96 anos, residente em Presidente Tancredo Neves, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Presidente Tancredo Neves;

2316º óbito – homem, 81 anos, residente em Nazaré, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Nazaré;

2317º óbito – mulher, 66 anos, residente em Coaraci, sem comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2318º óbito – homem, 61 anos, residente em Floresta Azul, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 03/07 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2319º óbito – mulher, 78 anos, residente em Itabuna, portadora de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2320º óbito – homem, 52 anos, residente em Itabuna, portador de diabetes, foi internado dia 19/05 e foi a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2321º óbito – mulher, 64 anos, residente em Ibirapitanga, portadora de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Ibirapitanga;

2322º óbito – mulher, 88 anos, residente em Itajuípe, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 24/05 e foi a óbito na mesma data (24/05), em unidade da rede pública, em Itabuna;

2323º óbito – homem, 52 anos, residente em Itajuípe, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2324º óbito – homem, 22 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, foi internado dia 07/05 e foi a óbito dia 08/05, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2325º óbito – homem, 87 anos, residente em Itajuípe, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Itajuípe;

2326º óbito – homem, 79 anos, residente em Camacan, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 30/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privado, em Camacan;

2327º óbito – mulher, 58 anos, residente em Juazeiro, portadora de diabetes, foi internada dia 20/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede privada, em Remanso;

2328º óbito – homem, 75 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 15/06 e foi óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Salvador.
                                             *****
  13. A Comissão de Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Vereadores,presidida , pelo vereador Marcos Mendes (PSOL), promoveu, na manhã desta quinta-feira(9), audiência pública virtual que debateu " A Problemática dos Planos de Gestão do Município de Salvador: o Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças do Clima" (PMAMC) da capital baiana.

   14. Durante a sessão, Marcos Mendes denunciou que esse plano, apesar de essencial para o enfrentamento da emergência climática, adota uma  metodologia de cerceamento às informações públicas e baixa mobilização popular. 

   15. O vereador  cobrou coerência dos poderes públicos quanto às áreas verdes e unidades de preservação ambiental, tanto as que estão sob a responsabilidade do município, a exemplo da Pedra do Xangô, localizada no bairro de Cajazeiras, referência simbólica e ancestral dos adeptos das religiões de matrizes africanas, como as que estão sob a administração do Estado, como Pituaçu, APA Bacia do Cobre/ São Bartolomeu, APA Lagoas e Dunas do Abaeté. "Como fazer uma cidade resiliente, como propagandeia o prefeito e a secretaria fake SECIS, maltratando tanto as áreas verdes da cidade. Matando tantas árvores! A prefeitura tem tanta responsabilidade e dever de intervir quanto o Estado!", criticou o edil.

   16. Na ocasião, o parlamentar destacou também que o mandato está "vigilante" e atuante quanto à obra do BRT e os prováveis impactos ambientais à cidade,  exaltou o papel social e ambiental desenvolvido pelas(os) catadoras(es) de material reciclável de Salvador, que, segundo o vereador, não são reconhecidos pelo poder público.

   17. Mais uma etapa de distribuição de cestas básicas pela Prefeitura vai ajudar famílias, atendidas por 53 instituições em Salvador, que passam por situação de dificuldade extrema devido à pandemia de Covid-19. Nesta quinta-feira (9), foram distribuídos 453 itens – sendo 230 cestas e 223 kits de higiene – aos assistidos pela Apae na capital baiana.

   18. A entrega foi feita pela manhã na sede da entidade, em São Joaquim, com as presenças do prefeito ACM Neto, da secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Juliana Portela, e do presidente da Apae, Delvan Evangelista. A iniciativa é parte integrante da estratégia da Prefeitura, adotada desde o início do novo coronavírus na cidade, de apoiar instituições que prestam assistência a pessoas com deficiência, pessoas com doenças raras e imunossupressoras, e idosos.

   19. "Nesse sentido, já foram concedidas 40 mil cestas básicas a essas entidades. Hoje está sendo feita essa entrega na Apae, porque sabemos o quanto é difícil esse momento de pandemia para essas crianças e adolescentes de 2 a 16 anos, e essa ação acaba fazendo toda a diferença no enfrentamento a esta situação. 

   20. A ideia é continuar com essa iniciativa enquanto durar a pandemia", explicou ACM Neto.
13. O prefeito de Seul, Park Won-soon, foi encontrado morto na sexta-feira (horário local), informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap, depois que sua filha informou que ele estava desaparecido um dia antes.

    21. A Agência da Polícia Metropolitana de Seul encontrou o corpo do prefeito em Mt Bugak, no norte de Seul, perto de onde o sinal de seu telefone fora detectado pela última vez durante uma busca noturna, de acordo com a agência.

   22. A filha do prefeito disse que ele desapareceu às 17h17 de quinta-feira (horário local) e que seu telefone estava desligado, informou a polícia.

   23. Park, que era prefeito de Seul desde 2011, era considerado uma potencial esperança presidencial para os liberais nas eleições presidenciais de 2022.

   24. Como perguntar não ofende, como vão as investigações sobre os respiradores comprados pelo consórcio Nordeste da Bahia presidido pelo governador Rui Costa (PT) e não entregues até hoje? Foram consumidos R$48 milhões.

   25. As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e os Pronto-Atendimentos (PAs) de Salvador têm recebido uma demanda alta de pacientes do interior do Estado com Covid-19, e essa sobrecarga pode atrasar a redução da curva de crescimento de pessoas infectadas nos leitos de UTI exclusivos para tratar a doença na capital. 

   26. A recomendação da Prefeitura é que as unidades mantenham as portas abertas para todos. No entanto, é preciso que principalmente as cidades vizinhas adotem medidas mais duras para enfrentar a pandemia.

   27. Nos meses de maio e junho, as UPAs e os PAs receberam 728 pacientes da Região Metropolitana de Salvador (RMS), de outras cidades do interior e até de outros estados. Entre esses pacientes, 329 foram de Lauro de Freitas, 193 de Simões Filho e 51 de Camaçari. Em relação a outros estados, há registros de pacientes de Belo Horizonte (MG), Uberaba (MG), São Paulo (SP), Paulina (SP) e do Rio Grande do Sul.

  28.  No total, nos meses de maio e junho, foram 3.679 casos de Covid-19 distribuídos entre as UPAs Hélio Machado (205), Adroaldo Albergaria (168), Brotas (287), Vale dos Barris (619), Gripário UPA dos Barris (437), Pirajá/Santo Inácio (187) e Gripário UPA Pirajá/Santo Inácio (34), Parque São Cristóvão (139), Paripe (278), Valéria (137) e San Martin (243).

   29. Valorizar a produção estadual. Essa é a meta do projeto de lei do deputado Alex da Piatã (PSD) protocolado na Assembleia Legislativa da Bahia que visa tornar obrigatório as indústrias e fábricas situadas no Estado a colocarem etiquetas nos produtos para o comércio e consumo geral com os dizeres: “made in Bahia/Brasil”. 

  30. Em tramitação na Casa desde 2018, o líder do PSD articula com as bancadas e a Frente Parlamentar do Empreendedorismo a apreciação e aprovação da matéria, importante no cenário econômico. 
Caso a proposta seja aprovada e sancionada, as empresas terão até um ano para se regularizarem.

   32. De acordo com Alex, os produtos, que já são respeitados graças as suas qualidades, serão ainda mais valorizados. “Os baianos e aqueles que habitam o nosso estado e as fábricas e indústrias serão beneficiadas, pois será um importante incentivo para o consumo, dada a divulgação”, disse.

   33. ESSE PAÍS É BOM DEMAIS I: o fundador da Ricardo Eletro, em recuperação judicial, é acusado pelo MP MG de fraudar R$400 milhões em sonegação fiscal. Foi preso ontem e solto hoje.

   34. ESSE PAÍS É BOM DEMAIS II: Queiroz, aquele da rachacinha dos Bolsonaro, ganhou prisão domiciliar. E sua esposa, foragida da Polícia, idem.