segunda-feira, 16 de setembro de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

CENSURA A MIRIAM LEITÃO EM FEIRA DE LIVRO É FRUTO DO PATRULHAMENTO

Itabuna anuncia inauguração de teatro e diz que a festança será paga pelo governo da Bahia
Tasso Franco , da redação em Salvador | 17/07/2019 às 17:52
17/07/2019 às 08:38
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. Há algum tempo venho comentando neste BJÁ que os debates sobre o Brasil, especialmente aqueles relacionados à política, à economia, ao direito e à sociologia estão sendo feitas em universidades da Europa e dos Estados Unidos. A universidade brasileira foi de tal forma 'aparelhada' que só pratica 'debates' e 'aulas inaugurais' a cada ano com os mesmos de sempre, desde que sejam ideologicamente de esquerda. 

   2. Ninguém consegue colocar numa mesa para debater Dilma, FHC, Moro, Marco Vila e Carpinejar; ou Ciro Gomes, Amoedo, Mourão, Aleluia e Haroldo Lima. E muito menos pastor Isidório, Fabíola Mansur, Suica e Lidice da Mata. 

   3. Isso tem sido feito em Harvard, Portugal, Priceton, etc, em institutos internacionais e feiras de livros e de arte. No Brasil, há muito que não acontece. É só ver a UFBA e suas aulas inaugurais, seus debates na Faculdade de Arquitetura, na Facom, etc, com os mesmos de sempre. Sem contraditório. ACM Neto, por exemplo, é prefeito de Salvador, mas, não pode ir lá. Nas UNEBS é a mesma coisa. E nas feira de livros bancadas pelo governo petista, idem-idem. 

   4. Salvador vai sediar, agora, a Flipelô. Vocês vão ver a pauta. Em Cachoeira, ano passado, teve um historiador que foi fazer um contraditório levou vaias. 

   5. Então, não causou surpresa, o veto a Miriam Leitão quando a organização da 13ª Feira do Livro de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, cancelou a participação da jornalista. Miriam faria uma palestra na feira no próximo dia 15 de agosto.

   6. Uma petição com mais de 3 mil assinaturas foi encaminhada à organização pedindo o cancelamento da participação de Miriam e também do sociólogo Sérgio Abranches. Num dos trechos, ao se referir à jornalista, o documento diz: "Por seu viés ideológico e posicionamento, a população jaraguaense repudia sua presença, requerendo, assim, que a mesma não se faça presente em evento tão importante em nossa cidade".

   7. Em participação na rádio CBN, na manhã desta quarta-feira (17), Miriam disse que não pretendia palestrar sobre assuntos polêmicos, nem sobre questões políticas ou econômicas na Feira . “Eu iria falar sobre minhas influências literárias, sobre livros apenas“, disse ela.Revoltada, disparou:“Livros são armas, sempre foram, principalmente contra mentes autoritárias”, disse ela.

   8. Agora é tarde. Esse ambiente belicoso (recentemente o jornalista Glenn Greenwold foi saudado como 'herói' num evento paralelo da Flip (Parati) por um grupo de simpatizantes e hostilizado por grupo adversário que usava mensagens pró-Moro e bandeiras do Brasil) quem criou foi o patrulhamento ideológico enraizado em segmentos da Universidade brasileira e outros, e a direita, agora, resolveu reagir, ir às ruas, não temer mais o enfrentamento.

   9. FHC defendeu Miriam, o que faz parte de sua cultura, mas, ele próprio está proibido de ir a debates em alguns lugares do país. Que me lembre, depois que deixou o governo nunca foi convidado para fazer uma palestra na UFBA, nem na UFRB ou UNEB. 
                                                                              *****  
   10. Líder do PT na Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues disse que gestores e políticos precisam se informar melhor sobre a situação nos municípios de Coronel João Sá e Pedro Alexandre, onde aconteceu o rompimento da barragem do Quati. Segundo ela, a providência é importante para não transparecer oportunismo e repassar desinformação à população, uma vez que não há registros de vítimas em decorrência do incidente.

   11. “Não há feridos ou óbitos decorrente do rompimento da barragem do Quati. Mesmo assim, o recém-empossado secretário da Saúde de Salvador, Léo Prates, anunciou que enviará duas ambulâncias da capital para a localidade que fica a 500 km de distância, para ajudar as supostas vítimas”, lembrou Marta.

   12. Para a vereadora, o secretário municipal de Saúde “deveria se preocupar em ampliar a cobertura da Atenção Básica da capital, que ê uma das piores do Brasil, com apenas 35,99%, o que significa que dois terços dos soteropolitanos não têm acesso a um posto de saúde”. A baixa cobertura, observa Marta, impacta diretamente no volume e perfil de atendimento das unidades de emergência.

   13. Gastança: Em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (17), no TCD - Teatro Municipal Candinha Doria, o prefeito Fernando Gomes, anunciou as atrações das festividades dos 109 anos de emancipação política de Itabuna. Além da OSBA - Orquestra Sinfônica da Bahia, estão Ivete Sangalo, Chiclete com Banana, Luiz Caldas e a dupla Simone e Simaria, uma escolha pessoal da primeira-dama do estado, Aline Peixoto, como presente para a cidade.

   14. O Teatro será inaugurado dia 26 (sexta-feira) às 19h30, sendo a obra mais simbólica nos últimos anos em Itabuna. Por conta de sua importância, Fernando tem atendido diretamente de uma sala no teatro, onde recebeu a imprensa. "Haverão os discursos e após o governador, entrará a orquestra e logo depois Ivete Sangalo. Por conta da capacidade do teatro (600 pessoas), vamos colocar ao lado um telão para o povo acompanhar." disse.

   15. O prefeito afirmou que toda a festa é promovida pelo Governo do Estado. "Após Ivete, ainda na sexta-feira, terá para o povão o show de Simone e Simaria. Uma oferta da primeira-dama do estado para o dia da cidade." Na noite de sábado (27), se apresentarão Chiclete com Banana e Luiz Caldas. 

   16. Representante da comunidade LGBT na Assembleia Legislativa da Bahia, a Deputada Fabíola Mansur reagiu à postura do presidente Bolsonaro que após interferência do Ministério da Educação (MEC) suspendeu um vestibular específico para candidatos transgêneros e intersexuais da Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), nesta terça-feira (16).

   17. “É retrocesso atrás de retrocesso. O Governo Bolsonaro mais uma vez caminha na contramão dos direitos humanos e demonstra toda sua desumanidade ao cancelar um edital que visava promover a inclusão de pessoas trans no ensino superior. Como pode, o Brasil, país onde mais morrem LGBTQI+ no mundo, retirar um direito conquistado com tanta luta e militância e ainda usar de um discurso de ódio e preconceito para legitimar tal ação.”, afirmou Fabíola.

   18. O edital foi anunciado desde a semana passada pela Unilab conta com três campi – dois no Ceará e um na Bahia. O vestibular disponibilizava 120 vagas em 15 cursos presenciais e as inscrições seriam desta segunda-feira (15) até o dia 24. De acordo com Mansur essa ação implica em anular os direitos da população trans em ocupar esses espaços. “Vai ter trans, travesti, não binário, gay, lésbica, intersexual sim nas Universidades. Seguimos na luta para garantir que esses direitos não sejam usurpados e arrancados de nós.”, concluiu.

   19. Os servidores e membros do Ministério Público do Estado da Bahia (MP) são os novos beneficiários do Clube de Desconto do Servidor, programa da Secretaria da Administração (Saeb) que assegura, através de empresas parceiras, condições especiais para produtos e serviços. 

   20. Além dos servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Tribunal de Contas do Município (TCM), cerca de 2.000 integrantes do MP passam a acessar os descontos oferecidos pelas mais de 200 empresas da capital e interior, distribuídas em 30 segmentos diferentes, dentre elas Chevrolet, Drogasil e Drogaria São Paulo.

   21. As regras para os novos usuários do Clube de Desconto são as mesmas dos 260 mil servidores ativos e inativos do Poder Executivo Estadual, regras essas regulamentadas pelo Decreto 11.568/09. Para acessar os benefícios é necessário apresentar documento que comprove o vínculo com o Estado, como contracheque recente ou crachá funcional, e o documento de identidade atual em bom estado de conservação.

   22. A lista completa das empresas parceiras com o percentual de abatimento em seus produtos e serviços pode ser consultada na área do Clube de Desconto, no Portal do Servidor. Tanto as novas parcerias como as promoções especiais são divulgadas nos perfis do Facebook (@portaldoservidor.govba e @saeb.govba), Instagram (@saebgovba) e Twitter (@portalservidor e @saebgovba), além dos websites do Portal do Servidor e da Saeb.