segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

Limpurb recolhe 63 toneladas de lixo no Festival

Secretário de Comunicação da PMS, Pacheco Maia, comemora sucesso do festival na internet e redes sociais
01/01/2019 às 08:44
MIUDINHAS GLOBAIS:

1. Nas três primeiras noites do Festival Virada Salvador, na orla da Boca do Rio, a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) recolheu 63,3 toneladas de resíduos sólidos despejados pelos participantes que curtiram as três primeiras noites do evento dentro e no entorno da Arena Fonte Nova.

2. Além disso, foram necessários 500 mil litros de água e 1,1 mil de detergente aromatizado para lavar todo o perímetro da festa, incluindo ruas, calçada, os 555 sanitários químicos e os 21 contêineres climatizados que passam por manutenção diária, com dedicação exclusiva de uma equipe formada por 145 pessoas, entre agentes de limpeza e pessoal dos carros de sucção.

3. Estão mobilizados para essa tarefa 300 agentes de limpeza e 45 equipamentos - entre caçambas, compactadores, tratores, caminhões e carros pipa. A rotina de limpeza tem início a partir das 4h30, quando as equipes começam a atuar com os serviços de varrição, coleta e lavagem das vias, repondo a condição de limpeza na arena. Durante o dia, duas equipes de 47 agentes repassam a limpeza do local.

4. “A Limpurb permanece com a equipe de prontidão, monitorando durante 24 horas de todos os dias do evento, procurando manter o local limpo para que as pessoas possam curtir ainda mais essa linda festa proporcionada pela Prefeitura", declara Leonardo Oliveira, titular do órgão.
                                                                    ******
5. A variedade de estandes compõe o cenário da Vila Gastronômica do Festival Virada Salvador 2019, com diversas opções para o público. Pizza, pastel, tapioca, churrasquinho, Yakissoba, pirão de aipim com carne do sol e batata frita são apenas alguns dos alimentos que fazem parte do cardápio do local. 

6. Segundo Fernando Mendonça, responsável pelo Coreto Hype, que cuida da organização do espaço, em média são vendidas 250 refeições por cada um dos 40 estande, diariamente, o que totaliza cerca de 10 mil refeições por dia.

7. Os queridinhos do público são os pastéis, seguidos por churrasco, hambúrguer e pirão de aipim com carne do sol. Além dos estandes, há diversos food trucks que oferecem lanches rápidos, como empada, crepe, sanduíches, e batata frita, dentre outros.

8. Todos os gostos – Quem quer algo mais leve pode optar por um poke com preços que variam entre R$ 20 e R$ 30 na barraca de Comida Havaiana. O poke é composto por frutas, cereais, massa leve e peixes como salmão e agulhão. Se a intenção é recarregar as energias, os points do açaí são ideais. Nos vários estandes de açaí, a tigela de 250 ml com granola é vendida a R$ 10 e a de 500 ml com granola por R$ 15.

9. Até aqueles que pretendem voltar para casa de estômago forrado têm a opção de comer uma moqueca de siri e aratu por R$ 15 e de camarão por R$ 20 no estande Cozinha Brasileira e Burguer.

10. A vendedora da Zap Way Jaliria da Ressurreição, de 29 anos, avalia as vendas de forma positiva. “Muita gente tem parado aqui, principalmente para pedir o crepe, que é o nosso carro-chefe. Temos sabores variados, desde o mais leve, como marguerita, com mussarela, tomate e manjericão até os mais recheados, como o que leva mussarela, bacon e calabresa”, diz.

11. Os pratos podem ser acompanhados pela tradicional cerveja, energético ou refrigerante. Vendedor de bebidas, Inácio Passos, de 20 anos, comemora: “Estamos vendendo muito, a bebida que mais sai é a cerveja Bohemia, cuja lata de 350 ml custa R$ 3. Esperamos vender ainda mais amanhã. A expectativa é faturar o triplo nessa noite da virada”, avalia.

12. Novidades - Aliam-se às bebidas e tira-gostos algumas estruturas que têm atraído os consumidores. Uma delas é a implantação de mesas feitas de tonéis, que oferecem mais conforto para quem está comendo e bebendo.

13. A servidora pública Kalila Oliveira, 36, aproveitou uma das mesas para se alimentar com a família, enquanto acompanhava, de longe, os primeiros shows da noite do terceiro dia do Réveillon. “Eu gostei muito. Adoro pirão de aipim com carne do sol e fiquei contente ao saber que aqui está sendo comercializado. Melhor ainda foi se apoiar nestas mesas”, conta.

14. Outra novidade é a promoção de distribuição de copos da Bohemia. Para ganhar o brinde, os participantes passam por uma brincadeira, que consiste em tirar uma foto em um cenário da marca e compartilhar no Instagram com a hashtag indicada pelos produtores. No local, ainda é possível acessar o Wi-Fi disponibilizado pela marca.
O conteúdo gerado sobre o Festival Virada Salvador 2019 já alcançou mais de 230 milhões de pessoas na internet até aqui. Os números são surpreendentes e revelam a dimensão do evento, que acontece até amanhã (01) na Arena Daniela Mercury, na Orla da Boca do Rio. 

15. Já foram transmitidas mais de 20 horas de show através das redes sociais da Prefeitura, geridas pela Secretaria Municipal de Comunicação (Secom). O pico de visualização dessas transmissões acontece entre às 22h e 23h. Somente no Facebook e no Youtube, 200 mil pessoas já acompanharam o festival pelas páginas oficiais da Prefeitura, que seguem viralizando. Stories do Instagram já geraram mais de 2 milhões de impressões.

16. O alcance total de 230 milhões de pessoas na internet envolve notícias em blogs, portais de imprensa e menções em redes sociais. Foram alcançados usuários de todo o Brasil, além de países como Estados Unidos, Argentina, Angola, Chile, Portugal, Espanha, Reino Unido e México. A maior audiência é de homens, entre 25 e 34 anos. Estes dados foram levantados a partir de estratégias de monitoramento da internet realizado pela equipe de digital da Secom.

17. Todo conteúdo produzido gerou mais de 13 mil comentários nas redes sociais do Festival Virada Salvador. E houve um crescimento de curtidas de 1.213% no Facebook, além de um aumento de 38% de seguidores no Instagram @viradasalvador. "São números que revelam que nossa estratégia de cobertura e divulgação do evento deram bastante certo. E ainda temos mais duas noites de festival", lembrou o secretário municipal de Comunicação, Pacheco Maia.