segunda-feira, 25 de junho de 2018
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

4 REDES DE FARMÁCIAS ocupam Salvador e invadem áreas da classe média

Que fenômeno é esse da expansão das farmácias em todos os bairros numa disputa acirrada entre 4 redes
10/03/2018 às 20:06
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. A população de Salvador estaria demasiadamente enferma ou há uma disputa acirrada pelas redes de drogarias para conquistar o mercado da capital diante da debalce da Rede Farmácias Santana? O que está acontecendo? Que fenômeno é esse? 

   2.  O certo é que 4 redes - Drogasil, Pague Menos, São Paulo e MaxFarma - de São Paulo e Curitiba invadiram os bairros da classe média, os bairros classe média baixa, os shoppings, postos de combustíveis, pontos no centro da cidade e nos corredores do comércio, nas vias expressas do corredor Iguatemi, numa disputa impressionante. 

   3. Na Pituba, provavelmente o bairro com maior concentração de farmácias, há ruas como a Manoel Dias, que tem 3 a 4 farmácias juntas disputando o mercado, o mesmo ocorrendo na Sabino Silva, Barra-Chame Chame, na Alameda das Espatódias, no Caminho das Árvores, e na Av ACM.

   4. O que estaria ocorrendo? Há uma demanda reprimida? Os baianos não tinham farmácias a altura das suas expectativas? As farmácias dos bairros vão morrer? 

   5. São perguntas que ficam no ar e merecem uma análise do FeComércio e da Câmara de Vereadores. Para o consumidor, salvo melhor juizo, essa concorrência desde que não haja cartelização nos preço, é boa.

   6. Nessa disputa está valendo uma série de inovações que as redes proporcionam aos seis clientes como o cartão fidelidade, a entrega de medidamentos em casa, estacionamentos com segurança, assentos para idosos enquanto compram os remédios, parcelamento das compras nos cartões, cobertura de preços de uma para outra. Enfim, algo salutar para o consumidor.
                                                                      ******
  7. Com o objetivo de divulgar o novo ciclo de editais do Programa Bahia Produtiva, uma equipe da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional – CAR do Litoral Sul esteve na sede da Amurc nesta sexta-feira, 9. No encontro estiveram presentes os secretários de Agricultura e Desenvolvimento que integram o Fórum Regional de Gestores Municipais de Agricultura e de Desenvolvimento Econômico – Freade.

   8. Ao todo, são quatro editais abertos, no valor total de R$ 98 milhões que irão beneficiar os Povos Indígenas, Comunidades Quilombolas, Agroindústrias e o novo formato Aliança Produtiva com as cooperativas. As manifestações de interesse deverão ser inscritas eletronicamente mediante o preenchimento de um formulário, disponível no site da CAR – www.car.ba.gov.br

   9. O chefe do Escritório Territorial da CAR no Litoral Sul, Abiel Santos reforçou a importância dos editais para a região e o trabalho em parceria com a Amurc e os secretários municipais. “A ideia é utilizar o espaço da Amurc para aumentar a estratégia de divulgação dos editais, e assim incentivar a manifestação de interesse dos municípios”, declarou.

   10. Os moradores do município de Cipó, no nordeste do estado, não precisam mais se deslocar para outras localidades, em busca de serviços de veículos. A cidade ganhou, na sexta-feira (9), um Posto Avançado do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), onde será possível fazer a transferência de propriedade, vistoria e emplacamento do veículo, entre outros procedimentos, que beneficiam também municípios  vizinhos. 

   11. A solenidade de inauguração teve a participação do diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes, e do prefeito Abel Araújo.  

   12. O mototaxista Edmundo Amorim,  de 29 anos, comemorou a chegada do órgão de trânsito em Cipó. " Vai ficar mais fácil e rápido para manter minha moto sempre regularizada. Antes, eu tinha que deixar de ganhar dinheiro com as corridas e viajar até Ribeira do Pombal para realizar os serviços ".

   13. " O nosso objetivo é justamente aproximar o órgão das pessoas que vivem no interior, oferecendo comodidade e atendimento qualificado. Elas ganham tempo e economizam dinheiro sem ter que se deslocar para centros maiores ou até mesmo para a capital. Aqui, em Cipó, fechamos uma parceria com a prefeitura que viabilizou o projeto", declarou o diretor do Detran.

   14. 9. Além de distribuir dez prêmios mensais de R$ 100 mil e especiais de R$ 1 milhão para os cidadãos cadastrados, o programa Nota Premiada Bahia, do Governo do Estado, que realiza seu segundo sorteio na próxima quarta, dia 14, beneficia 646 instituições filantrópicas baianas participantes da campanha Sua Nota é um Show de Solidariedade. 

   15. As instituições beneficiárias estão localizadas em 132 municípios baianos. Do total, 611 atuam na área social e 35 na de saúde.

   16. Ao se inscrever no www.notapremiadabahia.ba.gov.br, o cidadão insere alguns dados pessoais e escolhe até duas instituições beneficentes com as quais pretende compartilhar suas notas fiscais eletrônicas. Para concorrer aos prêmios e fazer a doação online das notas, é preciso apenas informar o número do CPF a cada compra realizada em estabelecimentos que emitem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e). 

   17. Para identificar se a nota emitida é uma NFC-e, basta verificar se contém o QR-Code, código de barras com formato quadrado.

   18. O secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, observa que a vantagem da doação eletrônica é o fato de que as notas com o CPF do cidadão cadastrado serão sempre contabilizadas para as instituições de sua escolha, contanto que a compra aconteça em estabelecimentos localizados no estado da Bahia que emitam a NFC-e.

   19. Como reforço à ação da Defesa Civil de Salvador (Codesal), iniciada em 2016, a Defesa Civil Nacional passa também a oferecer o serviço de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres.  As informações são geradas pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

   20. A Codesal produz regionalmente, há dois anos, boletim diário sobre condições climáticas e de risco. A análise é realizada por técnicos do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cemadec) e enviado por SMS e e-mail aos gestores públicos, aos voluntários que atuam nas comunidades e a outras instâncias da sociedade.

   21. O Cemadec é dotado de moderno sistema de análise climatológica para produzir informações diárias sobre temperatura, clima e índice pluviométrico para Salvador, e também pode ser consultado diretamente no site do órgão.

   22. “Essa ação pioneira faz parte da modernização da Codesal introduzida na gestão do prefeito ACM Neto. Temos como objetivo atuar preventivamente e, para isso, usamos toda a tecnologia necessária em prol da segurança do soteropolitano”, explica o diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo.

   23. O vereador Hilton Coelho (PSOL) manifestou mais uma vez sua irrestrita solidariedade e apoio ao professor Carlos Zacarias, do Departamento de História da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que foi intimado por um oficial de Justiça a prestar depoimento sobre a disciplina “Tópicos Especiais em História: o golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”, que será oferecida pela UFBA. 

   24. “Tudo começou com a ação nefasta do obscuro e obscurantista vereador Alexandre Aleluia (DEM), que entrou com uma ação na Justiça para censurar a universidade. A intimação de Carlos Zacarias e a citação do reitor João Carlos Salles representam ataques à liberdade de cátedra e ferem a autonomia universitária. Vivemos em um Estado Policial?”, questiona.

    25, O legislador destaca que “há muita coisa em jogo nesse caso de Zacarias. Precisamos defender a universidade como centro de debate, de crítica, de democracia. A universidade é formada por pesquisadores, por cientistas, por intelectuais, por gente que fez concurso público, e precisa ter aquilo que está disposto no artigo 207 da Constituição, que diz que ela goza autonomia didático-científica e pedagógica para desenvolver as suas funções. Defender a autonomia universitária é defender a democracia plena e sem adjetivação no Brasil”.

   26. O Projeto Bom Samaritano, braço social da Devoção do Nosso Senhor do Bonfim, está completando 10 anos. A data será comemorada com uma missa neste sábado (10), às 7 horas, na Basílica Santuário do Nosso Senhor do Bonfim, seguido de um café-da-manhã para os voluntários e assistidos, na sede do Projeto, na Praça do Bonfim.

   27. A missa será realizada pelo reitor do Santuário, Padre Edson Menezes Silva – idealizador do projeto - e terá transmissão ao vivo pela webtv, através do site http://santuariosenhordobonfim.com/. Atualmente, o Projeto Bom Samaritano atende cerca de 300 pessoas. Inicialmente, os assistidos eram pessoas que pediam esmolas nos arredores da igreja. Elas foram convidadas a participar de ações sócio-educativas, sendo também assistidas espiritualmente.

   28. Segundo a coordenadora do projeto, Eliana Maria Nunes de Souza, dos 45 atendidos incialmente, mais de 40% deles conseguiram ocupação no mercado. Muitos acabaram se tornando voluntários.