quinta-feira, 27 de junho de 2019
Salvador

Disque Mata Atlântica já entregou mais de 4,5 mil mudas nativas em SSA

O Disque Mata Atlântica tem como objetivo estimular os cidadãos a fazerem o próprio plantio
Secom Salvador , Salvador | 15/04/2019 às 06:45
Entrega de mudas
Foto: Bruno Concha/Secom

O Disque Mata Atlântica já distribuiu 4,5 mil mudas de árvores nativas do bioma para a população soteropolitana desde que foi criado pela Prefeitura, em setembro de 2017. Integrante do programa Salvador Capital da Mata Atlântica, premiado duas vezes em dezembro, o Disque Mata Atlântica tem como objetivo estimular os cidadãos a fazerem o próprio plantio, por meio da doação de árvores.

Só nos três primeiros meses deste ano, 300 mudas foram entregues pela Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis). Na manhã desta quarta-feira (10), mais duas mudas de eucalipto foram levadas para a aposentada Maria Eunice dos Santos, de 77 anos, para a Lagoa da Paixão, no Subúrbio Ferroviário.

As espécies vão se unir aos pés de jaca, manga, caju, seriguela, carambola e amora que ela cultiva no local. “É ótimo! Aqui em casa o quintal é enorme e é sempre bom plantar, elas crescem, nos dão sombra e melhora a qualidade do ar, além de algumas delas serem frutíferas”, diz Maria Eunice.

Alguns dos tipos de vegetais que podem ser solicitados são ipês, sibipirunas, jacarandás, pau-ferro, acácias e eucaliptos, a depender da disponibilidade. As solicitações podem ser feitas por meio do telefone (71) 3611-3802. Outra opção é enviar uma mensagem via WhatsApp para o número (71) 98549-8453 ou, ainda, contatar o Fala Salvador pelo 156. É necessário informar nome completo, e-mail e telefone para contato, além de endereço com CEP.

Pela opção delivery, a entrega é feita gratuitamente para o endereço cadastrado. Nesse caso, a equipe reserva a muda escolhida e uma vez por semana, às quartas-feiras, entrega nos endereços cadastrados. São doadas até duas mudas de árvores por logradouro. Quem preferir, pode também retirar o vegetal no Parque da Cidade, no Itaigara, e no Jardim Botânico de Salvador, em São Marcos.

Projeto – O programa Salvador Capital da Mata Atlântica engloba uma série de projetos que têm como foco a recuperação e preservação do bioma na cidade. Em dezembro do ano passado, a iniciativa venceu o IX Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza na categoria “Destaque Municipal”. No mesmo mês, dois dos projetos – o de Recuperação Ambiental do Parque Canabrava e o Caravana Mata Atlântica – foram reconhecidos internacionalmente com a conquista do Prêmio Guangzhou 2018 de Inovação Urbana, realizado na China.