quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
Salvador

NATAL AV SETE: Restaurantes populares tomam conta do largo do Relógio

Natal na Avenida Sete é uma festa
Tasso Franco , da redação em Salvador | 06/12/2018 às 10:00
PF a R$6,00 com direito a assento
Foto: BJÁ
  A Praça Barão do Rio Branco, mais conhecida como Relógio de São Pedro, em Salvador, virou uma babel e neste espaço instalaram-se vários restaurantes popures com comidas pré-fabricadas em casas e acomodadas em grandes isopores os pratos sendo vendidos (a unidade) entre R$5,00 e R$6,00.
 
  Você pode até perguntar como é possível servir um PF (Prato Feito) a R$5,00/R$6,00 diante dos custos dos alimentos mas é isso que acontece na Av Sete, no Relógio. Algumas tendas, como se vê na foto, têm até cadeiras para acomodarem os clientes. Outros não. Os clientes comem em pé ou sentam nos bancos da praça, arredores donde se encontra a estátua do barão, o qual assiste a tudo do alto, ele que já está noutra esfera espiritual desde o século XIX.

  Há, basicamente, dois tipos de pratos servidos: uma concha de feijão, porção de arroz e ensopadinho de boi com farinha; e o outro contém macarrão, feijão e frango assado. E nada mais. Quem quiser refrigerante ou suco existem também vários vendedores desses produtos no local.

  Aliás, diga-se de passagem, no Relógio de São Pedro, há de tudo: sandálias rasteirinhas de R$10,00 a unidade; vendedores de caqueiros com flores de plástico; tendas de bags, cintos e bijujs; vendedores de caldos de cana, de óculos, de suportes a aparelhos celulares, de frutas - em especial maçãs e uvas - e tendas mais completas em produtos de armarinho na direção do Coqueiro da Piedade.

   Nessa época do ano, festas do Natal e Réveillon é impossível ordenar o local. A PMS tenta mas não consegue. A quantidade de camelôs é tanta entre a Sete e a Joana Angélica que é impossível fazer-se um ordenamento. E mais: a popualção adora porque os preços dos produtos são mais baratos do que nas lojas.
Detalhe: aqueles tradicionais produtos de Natal - árvores, papais noeis, bolas, etc - praticamente desapareceram e só são encontradas em lojas de chineses. 

  Os produtos mais vendidos são as roupas e as sandálias. Com R$50,00 faz-se o look para o réveillon e ainda tem troco. Pra perfumar tem uma ambulante que fica ao lado da Igreja de São Bento que vende sachês de eucalipto a R$2,00.