quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Salvador

Prefeitura de Salvador já concluiu obras em 39 escadarias neste ano

Prefeitura de Salvador já concluiu obras em 39 escadarias neste ano
Da Redação , Salvador | 08/08/2018 às 20:02
Escadaria concluida
Foto: Bruno Concha

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman), já concluiu as obras de 39 das 61 escadarias - previstas para todo o ano - com trabalhos iniciados no primeiro semestre, resultando num total de 2.437 metros construídos ou requalificados, conforme o estado de degradação de cada equipamento. A iniciativa busca oferecer condições de segurança e acessibilidade a quem transita pelos bairros da capital baiana.

As ações implementadas contemplam melhoria dos degraus, com uniformização da altura, instalação de corrimão, pequenas contenções, pavimentação do entorno e recuperação do sistema de drenagem. As escadarias drenantes estão sendo reconstruídas com materiais mais resistentes, além de ter o seu sistema redimensionado. Em alguns casos, também é feita a substituição total deste equipamento por uma escadaria convencional.

Bairro a Bairro - A construção ou requalificação dos equipamentos são executadas pelo Salvador Bairro a Bairro/Ouvindo Nosso Bairro, e atende reivindicações feitas pela população, com demandas oriundas das dez regiões administrativas da cidade, tornando a iniciativa o maior programa municipal de consulta popular do país, tendo executado 2.052 obras nos 163 bairros de Salvador.

"Reformas em geral sempre são bem vindas, e as escadarias são particularmente aguardadas, em especial por quem mora em regiões de encosta e possui apenas a escada como meio de alcançar a residência, gerando, portanto, bastante expectativa para sua execução e, consequentemente, uma satisfação ainda maior após ser concluída. Atualmente, temos resultados obtidos no Vale das Pedrinhas, na Chapada do Rio Vermelho, Santa Cruz, Federação e Engenho Velho da Federação", declara Raimundo Castro, subprefeito da região Barra/Pituba.

A ordem na execução destes serviços obedece ao critério de quantidade de votos, que teve escolha aberta no site do programa e também por meio de aplicativo para celular, onde os cidadãos escolheram até cinco obras para cada bairro por nível de prioridade. As ações são compreendidas como prioridade pela administração municipal, priorizando situações identificadas como emergenciais ou que atendam a outros programas vigentes.