quarta-feira, 14 de novembro de 2018
Política

COMO ACM NETO perdeu a chance de ser governador da Bahia (TF)

Prefeito pode pagar preço alto por seu erro político se não mudar sua administração
Tasso Franco , da redação em Salvador | 31/10/2018 às 20:30
ACM Neto
Foto: Valter Pontes
   MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O que sobrou em ousadia e coragem ao ex-prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com dois anos de mandato candidatar-se a governador e ser eleito por um partido cujo candidato a presidente foi um fracassso, faltou ao prefeito de Salvador, ACM Neto, DEM, em candidatar-se a governador da Bahia para enfrentar Rui Costa (PT). As razões que levaram Neto a não candidatar-se ele já as deu, sem convencimento aos seus correligionários, mas, deve ser respeitada.

   2. Em nossa opinião ele cometeu um grave erro político e Rui além de reeleger-se governador fortale ceu-se no estado e poderá, em 2020, o PT e aliados conquistarem a capital pela primeira vez, Feira de Santana, e reconquistarem Vitória da Conquista e Feira de Santana, embora, cada eleição tenha a sua própria história e ainda é cedo para esse tipo de análise. Mas, pelos números atuais, Rui e Haddad vencendo em todos esses municípios essa é a tendência atual.

   3. Uma coisa parece consensual no meio político: se ACM Neto tivesse mantido sua candidatura a governador poderia ter sido eleito e/ou se não fosse eleito seria mais difícil para Rui Costa sua reeleição. Na possibilidade de Neto candidato ter bolsonarizado Rui passaria por maus bocados. Agora é tarde. Já aconeceu.

   4. As urnas já roncaram e agora é a fase de analisá-las e fazer mudanças nas equipes administrativas e no direcionamento político. A oposição está enfraquecida na Assembleia e Alan Sanches (DEM) é um bom nome para lider desse bloco minoritário. No bloco da Maioria, o nome mais cotado é o de Rosemberg Pinto, deputado mais votado do PT, também pleiteando a presidência da Casa. E na Câmara de Salvador, se não der nenhuma zebra, Geraldo Jr será o presidente.

   5. O prefeito ACM Neto deve mexer na equipe e fortalecer o vice Bruno Reis, seu provável candidato a prefeito, em 2020. No PT e aliados há vários nomes, mas, em nossa opinião os preferenciais seriam Fábio Vilas Boas e Walter Pinheiro. A possibilidade de aparecer uma terceira via é remota desde quando Lidice da Mata a sepultou-a em 2015.

   6. Mas, de repente pode surgir um novo na onda bolsonarista se ela ainda existir em 2020. Lembrando que Bolsonaro agora passa a ser vidraça e tudo dependerá da atuação do seu governo.

   7. A Bahia, ao que tudo indica, não dá sinais de uma terceira via como aconteceu com Minas Gerais e Romeu Zema, do Partido Novo. Lidice e Alice se juntaram ao PT. O PSOL não tem nomes. Repete Marcos Mendes há anos. O Partido Novo? ainda é uma interrogação. O PSDB minguou. Tinha 3 deputados federais e agora só tem um. MDB acabou. Então, ao que tudo indica, segue-se a disputa PT x DEM doravante.
                                                                  *****
   8. Nesta quinta-feira (1º), o governador Rui Costa faz duas entregas na área da saúde em Salvador. Às 9h, Rui inaugura a Central de Quimioterapia no Hospital da Mulher, no Largo de Roma. Às 10h, será entregue a reforma e ampliação do setor de quimioterapia do Centro Estadual de Oncologia (Cican), localizado na ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE).

   9. Em alerta à saúde dos homens, a Prefeitura de Lauro de Freitas inicia, nesta quinta-feira (1), a campanha de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. As ações do Novembro Azul que levanta a temática “Homem também se cuida”, serão abertas no estacionamento do Restaurante Popular, a partir das 8h, com palestras, realização de testes rápidos e atendimento odontológico. 
 
   10. Dentro da programação do Novembro Azul, a Secretaria Municipal de Saúde (SESA) promove, no dia 10 (sábado), o “Dia D – Homem também se cuida”, em todas as Unidades Básicas de Saúde da Família (USF), das 8h às 12h, com atendimento clínico e encaminhamento para exames, vacinação, aferição de pressão arterial e glicemia. Também serão realizadas palestras relacionadas à saúde do homem, além de testes rápidos (Sífilis, HIV e Hepatite B) e avaliação odontológica com aplicação de flúor.

   11. Mais de 100 marcas vão se encontrar em Salvador na 32ª Franchising Fair – Feira Nacional de Franquias, nos dias 9 a 11 de novembro (sexta-feira a domingo), no Shopping Bela Vista. A Feira, que acontece nas principais capitais do país e chega a Salvador pela quarta vez, é uma vitrine de oportunidades de negócios para investidores, empreendedores, empresários e pessoas interessadas em abrir o seu próprio negócio. 

   12. “Salvador é o mais importante mercado do Nordeste, é um prazer estarmos de volta. A cada ano que a Feira chega a Salvador, observamos um crescimento de 10 a 12% no número de participantes”, revela Ademar Pahl, diretor geral do evento.

    13. A 32ª Franchinsing Fair terá desde as chamadas nano franquias, a partir de R$ 5 mil, até modelos de franquias que chegam a R$ 2 milhões. As opções são bem variadas, com um mix de segmentos diversificados e opções para todos os bolsos. “A expectativa de faturamento é superar a marca dos 15 milhões durante e após a feira” garante Pahl.

    14. Algumas marcas estão vindo para a Feira com o intuito de expandir seus negócios aqui na Bahia. Uma delas é a Saladices, franquia de alimentação saudável. A empresa faturou R$1.8 milhões no primeiro semestre de 2018, aumento de 28% em relação ao mesmo período de 2017. A Saladices está em três estados e estima-se ter 20 novas franquias até final de 2019. 

   15. Integrante da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Sandro Régis (DEM), fez uma avaliação sobre o resultado das eleições presidenciais do último domingo e as consequências para o cenário político baiano. Segundo o deputado, as urnas consagraram uma posição e um desejo de mudança, assumido pela maioria dos brasileiros.

   16. O democrata reafirmou o desejo de que a Bahia não seja discriminada pelo novo governo.“Quero reiterar a minha convicção de que não se repetirão no mandato do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) os atos de discriminação contra a Bahia, praticados pelo ex-presidente Lula, durante o governo Paulo Souto (2003-2006), tanto na forma de obras não executadas quanto na transferência de recursos para o atendimento de demandas sociais básicas”, enfatizou.

   17. O democrata destacou a expectativa de que todos os projetos federais importantes para o desenvolvimento do estado voltem a andar. “É importante que todos os projetos estruturantes, como por exemplo, as obras da Fiol, Porto Sul e obras da BR -101 sejam concluídos, ainda que obras novas tenham que aguardar a solução da série crise orçamentária por que passa a União”.

  18. O Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi) completa 20 anos em janeiro de 2019 e ao longo do tempo vem oferecendo atendimento especial para pacientes da terceira idade que precisam de cuidados específicos. Com uma média de 8 mil atendimentos por mês, a unidade vinculada à Secretaria de Saúde do Estado é voltada para o atendimento especializado do idoso frágil.

    19. Entre os serviços oferecidos estão ambulatório, geriatria, enfermagem, fisioterapia, cardiologia, entre outros. Segundo a diretora do Creasi, Mônica Hupsel Frank, a entrada do paciente ocorre pela geriatria e este deve ser encaminhado pela Rede Básica de Saúde (Unidade Básica de Saúde ou Equipe de Saúde da Família). 

   20. “O Creasi faz parte da rede de atenção ao paciente idoso, que é aquele que tem mais de 60 anos. E deve ser encaminhado para o Creasi àqueles que a Rede Básica não conseguiu resolver todos os seus problemas. Após receber alta do Creasi, ele continuará sendo atendido na Rede Básica”, explica.

    21. Ela ainda acrescenta que para o Creasi são encaminhados os idosos com risco de fragilização. “Os idosos que apresentem alguma dificuldade na realização de atividades da sua vida diária, como tomar banho ou se movimentar, poderá ser atendido na nossa unidade. São pacientes que apresentam algum tipo de dificuldade na sua funcionalidade”.

   22. Com a proximidade do ENEM, é comum que muitos estudantes sintam nervosismo e tensão antes da prova. Pensando nisso e com o intuito de trabalhar o equilíbrio da mente e do corpo nesta reta final, o Colégio Vitória Régia vai promover, nesta quinta-feira (01.11), a partir das 10h30, um momento de relaxamento para os estudantes do terceiro ano da instituição.

   23. A programação conta com banho de piscina, bate-papo com amigos e professores, dinâmicas em grupo, almoço e massagem terapêutica. De acordo com diretora do Ensino Médio, Débora Bove, “os momentos anteriores à prova são muito estressantes. Por isso, os estudantes precisam desse tempo de lazer e descanso, proporcionando, assim, um equilíbrio psicológico”. A ação encerra às 15h30.

   24. O Morar Melhor – maior programa de melhorias habitacionais do país realizado em Salvador – foi apresentado nesta terça-feira (30), em Washington, capital dos Estados Unidos, no evento “Tools for Building Resilient Infrastructure Workshop”, que objetiva o fomento do trabalho com instrumentos que construam uma infraestrutura resiliente nas cidades. O workshop é promovido pelo programa 100 Cidades Resilientes (100RC) da Fundação Rockefeller, com coparticipação da Arup, consultoria multinacional que conduz o programa na capital baiana.

   25. Na ocasião, o secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Almir Melo, expôs os objetivos, critérios, números, lições aprendidas e sucesso da inciativa do Morar Melhor, implantado e idealizado pela Prefeitura em 2015, como forma de garantir ao cidadão dignidade através da promoção das reformas habitacionais. 

   26. “A oportunidade de participar do evento e trocar experiências exitosas com vários países foi de grande valia, para voltarmos com novas ideias para o enfrentamento de desafios de nossa cidade”, declarou o gestor.  

   27. De acordo com Adriana Campelo, diretora de Resiliência da Secretaria de Cidade Sustentável de Salvador (Secis), o evento estimula a permuta de experiências e conhecimentos com instituições internacionais e secretários de outras cidades do mundo. 

   28. “A ideia é de que a área de infraestrutura pense em saídas a longo prazo, que não causem impacto ao meio ambiente e que tenham uma solução que englobe as várias partes das cidades. Pensamos em infraestrutura resiliente por conta das mudanças que temos tido no planeta”, explica Campelo.