terça-feira, 22 de agosto de 2017
Política

BOICOTE A BAHIA: Senadores convocam presidente do BB para explicações

Prefeito de Feira de Santana assina decreto de luto oficial por 3 dias diante da morte do vereador presidente da Câmara, Ronny Miranda
Tasso Franco , da redação em Salvador | 11/08/2017 às 20:07
Senadora Lidice é autora do requerimento tb assinado por Otto e Muniz
Foto: DIV
   MIUDINHAS GLOBAIS:
  
   1 (VEJA): A apresentadora de TV Ticiana Villas Boas, mulher do empresário e delator Joesley Batista, dono do Grupo J&F, que controla a JBS, contestou um trecho do anexo da delação premiada do diretor de relações institucionais da empresa, Ricardo Saud, em que ele relata o pagamento de propina ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), e ao filho dele, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN).

   2. Por meio de um áudio enviado a Patricia Abravanel, mulher do deputado e filha do empresário e apresentador Silvio Santos, no dia 1º de junho, Ticiana presta solidariedade e desmente a versão de Saud de que um jantar na casa de Joesley antes das eleições de 2014, do qual Patricia teria participado, destinou-se à negociação de pagamentos indevidos a Robinson e Fábio Faria. Na semana passada, a coluna Radar havia antecipado que uma gravação colocava em dúvida a delação do executivo.

   3. A mulher de Joesley Batista classifica o relato de Ricardo Saud como “loucura total” e afirma que “então, o que eu quero falar é que eu acho um absurdo isso tudo… que tá acontecendo. É… aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver… do que falaram, foi um jantar normal, eu não vi nada de, de, de, dinheiro, de… de nada que beirasse ser ilícito”. Ticiana Villas Boas ainda se dispõe a testemunhar em defesa de Patricia caso necessário.

                                                          ******
   4. Feriados municipais e pontos facultativos que marcam a semana de 14 a 18 de agosto em municípios do interior do Estado alteram o funcionamento das unidades da Rede SAC em oito cidades.

   5. As mudanças, que acontecem já a partir da segunda-feira (14), têm caráter temporário, condicionado apenas aos dias de folga. Em Candeias, Guanambi e Olindina, as unidades estarão fechadas na segunda-feira, assim como em Cícero Dantas, que fecha também na terça (15) e na sexta-feira (18).

   6. Na terça-feira fecham, ainda, as unidades de Camamu, Ilhéus, Porto Seguro e Vitória da Conquista. Já a unidade de Tancredo Neves, na região sul do Estado, fecha na quarta-feira (17).

    7. Nos demais dias, os postos SAC e Pontos Cidadão funcionam em seus horários habituais de funcionamento. Para mais informações sobre os horários de atendimento da Rede SAC em todo o estado, a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) disponibiliza o endereço www.sac.ba.gov.br e o aplicativo SAC Mobile, disponível na PlayStore e na AppStore.

   8. Após cinco dias de missão na capital baiana, membros do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) estiveram presentes com o prefeito ACM Neto, em reunião realizada nesta sexta-feira (11), no Palácio Thomé de Souza. 

   9. A intenção foi mostrar os resultados da missão de preparação do Programa de Requalificação Urbana de Salvador (Proquali), que possibilitará a realização de diversos projetos importantes na área de infraestrutura na cidade.
 
   10. O empréstimo do CAF, de até US$60,7 milhões, foi autorizado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). O comunicado foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). Com contrapartida de igual valor pela Prefeitura, o Proquali totaliza investimentos de US$121,4 milhões (cerca de R$385 milhões).

   11. Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Angelo Coronel (PSD), destacou a gestão pública do ex-prefeito de São Félix do Coribe (2012/2016), a 867 quilômetros da capital, Moacir Pimenta Montenegro (PSD). A edição 2017 do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) coloca o município do Oeste baiano como o primeiro colocado no Estado. Salvador ficou na terceira posição entre as capitais brasileiras.

   12. O estudo analisa a situação das contas públicas municipais no ano de 2016, considerando como principais indicadores o IFGF Liquidez e o IFGF Gasto com Pessoal. São Félix do Coribe se sobressaiu pela excelência em quatro das cinco variáveis, com destaque para a nota máxima no IFGF Investimentos e no IFGF Liquidez. O Índice Firjan se baseia para o levantamento nos dados oficiais declarados pelas Prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

   13. O prefeito José Ronaldo está consternado com a morte do vereador Reinaldo Miranda Filho, mais conhecido no cenário político de Feira de Santana como Ronny. Presidente da Câmara Municipal, ele morreu vítima de uma parada cardíaca, na noite desta quinta-feira, 10. O Município decreta hoje luto oficial de três dias.

   14. Vereador de três mandatos, com mais de 8 mil votos obtidos na última eleição para a Câmara, Ronny era um político promissor, diz o prefeito. "Teria uma longa e certamente vitoriosa trajetória, como já vinha cumprindo. É profundamente lamentável que se vá, assim de forma tão precoce", analisa o prefeito.

   15. Ronaldo e Ronny eram aliados políticos desde o início da carreira do vereador, ainda quando ocupava cargos de comando em equipamentos da área de saúde do município. "Como companheiro de jornadas políticas, demonstrava enorme disposição para o trabalho e era muito inteligente. Tanto que galgou rapidamente um elevado patamar na política regional".

   16. O deputado estadual Alan Sanches (DEM), médico por formação, especialista em ortopedia, foi o palestrante oficial na manhã desta sexta-feira (11), da 5ª Conferência Municipal de Saúde, em Taperóa. Com o tema: “Universo do Sus para a qualidade as saúde”, Sanches explanou sobre o funcionamento do sistema e apelou para que a União e Governo Estadual olhe mais atentamente para os municípios, “cuja receita é infimamente menor”. 

    17. “A gestão federal da saúde é realizada por meio do Ministério da Saúde, onde o governo federal, a União é o principal financiador da rede pública de saúde, com obrigação de aplicar metade de todos os recursos gastos no país em saúde. 

   18. Também tem como função planejar, criar normas, avaliar e utilizar instrumentos para o controle do SUS. Enquanto o governo estadual, também deve contribuir com recursos próprios e ser um dos parceiros para a aplicação de políticas públicas, além de coordenar e planejar o SUS”, explicou, frisando, no entanto, que, infelizmente, a saúde do estado, da região do Recôncavo, do Baixo Sul, por exemplo, não tem contado com esse apoio na prática. 

   19. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou requerimento convidando o presidente do Banco do Brasil a comparecer à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado para esclarecer a não assinatura dos contratos de crédito, com garantia, a serem celebrados entre a União e o Estado da Bahia, no valor de 600 milhões de reais. Os senadores baianos Otto Alencar (PSD) e Roberto Muniz (PP) também assinaram o pedido.
 
   20. Os recursos, que foram aprovados no primeiro semestre deste ano, serão destinados a investimentos nas áreas de educação; mobilidade urbana; infraestruturas urbana, regional e viária.  

   21. A liberação contou com parecer favorável da Secretaria de Tesouro Nacional, da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e do Ministério da Fazenda, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 13 de julho último. Da publicação oficial também constam os prazos fixados para a concessão do empréstimo e respectivas garantias. No entanto, até o momento, a diretoria do Banco do Brasil não assinou a liberação do empréstimo. 
 
   22. A bancada baiana do Senado seguirá cobrando posição do governo. "Temos o dever de denunciar essa situação de sabotagem aos baianos. Não vamos descansar enquanto não houver a reversão desse quadro", disse Lídice.  
 
   23. Na próxima terça-feira (15), às 8h, os agricultores, juntamente com as entidades representantes do agronegócio, como a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), participarão de um TRATORAÇO em frente ao Complexo Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, Bahia. Mais uma vez, os produtores rurais se manifestam contra os impostos abusivos que oneram ainda mais o setor.