Colunistas / Música em Cena
Maurício Matos
De ‘Woodstock’ a Igatu: festivais nunca saem de moda

Festival de Igatu, na Chapada Diamantina, acontece de 24 a 26 de agosto

Nova Timbalada e velhos conceitos das bandas axé

O conceito é que tem que ser modificado: os grupos de axé precisam deixar de ter donos.

A genialidade musical do compositor Luiz Caldas

Deveríamos sempre aplaudir Luis Caldas, rei da Axé e músico mais completo da Bahia

A música, a política no Brasil e a corrupção

A música sempre foi muito critica em relação ao cenário politico nacional

FORRÓ EM TEMPO DE GUERRA com invasão dos sertanejos

“Há um desequilíbrio, a grade não pode ser 18 sertanejos e dois forrozeiros, porque não é festa do peão, é São João”, afirmou.

A morte do guitarrista Karl Hummel e a imprensa

Depois de desmentidos da banda e da imprensa, Karl Hummel veio realmente a falecer no último dia 8, no Hospital das Clínicas de Salvador

O rock é um eterno morto-vivo

“Sem as gravadoras, não teríamos Elvis Presley, Jimi Hendrix ‘The Beatles’, ‘The Rolling Stones’ e centenas de outras bandas clássicas”,

AXÉ MÚSICA na UTI abre espaços aos sertanejos,

Fenômeno passa por fase decadente a espera de uma renovação que não aconteceu

BASA: Grupo baiano luta para se firmar no mercado

Mesmo assim, com a cara e a coragem, o grupo lançou no YouTube o vídeo da música ‘Chão de Giz’

SURICATO e a difícil missão no Barão Vermelho

‘Barão Vermelho’ volta à ativa com um novo vocalista. Será que vai dar certo?

CHUCK BERRY influenciou Marcelo Nova e Raul Seixas

Maurício Matos escreve quinzenalmente sobre música

A OBRA DE RAUL SEIXAS e o Camisa de Vênus

O importante é que a obra de Raul está aí, viva, e vai ser executada por quem realmente tem afinidade com ela. Toca 'Camisa', toca Raul!

NOVOS BAIANOS se reinventam na cena musical do país

Mauricio Matos é jornalista e escreve sobre música quinzenalmente

ADEMAR e a banda FURTA COR na contra-mão da Axé

Jornalista Mauricio Matos escreve quinzenalmente sobre música

FRENESI foi hino da Axé com Ademar e Furta Cor -III

No segundo semestre de 1986, Ademar e a banda ‘Furta Cor’ gravariam a música ‘Frenesi’ para a coletânea ‘Bahia, Carnaval e Cerveja’.

SUCESSO DA FURTA COR veio com a Ave Maria de Gounod

A trajetória de Ademar e banda Furta Cor – Parte II

MÚSICA baiana deve muito a Ademar e banda Furta Cor

Maurício Matos é jornalista, músico e critico musical