ter?a-feira, 23 de julho de 2019
Esporte

FALTOU FÔLEGO AS MENINAS DO BRASIL EM MONTPELIER, por ZÉDEJESUSBARRÊTO

Seleção está em situação difícil pois vai pegar o tinhoso time da Itália
ZédeJesusBarrêto ,  Salvador | 13/06/2019 às 15:57
Vibração só no primeiro tempo
Foto: CBF


  As brasileiras fizeram 2 x 0 na primeira etapa, mas levaram a virada  (3 x 2) das australianas, mais robustas, mais bem treinadas, com mais pernas, gás e futebol coletivo.

   Marta, nossa estrela maior, só aguentou um tempo. Tamires foi a melhor do Brasil em campo e Cristiane fez o gol dela.

   Nada perdido, tem ainda o jogo final da fase classificatória contra a Itália, uma boa equipe. É vencer ou vencer.   

*

   A Virada

  Mesmo com as australianas mostrando um futebol coletivo melhor, atletas mais dotadas fisicamente, o Brasil começou bem o jogo, com o time taticamente precavido, explorando contragolpes em velocidade e a habilidade de algumas jogadoras, como Tamires e Marta.

  Assim, abrimos o marcador com Marta cobrando pênalti e ampliamos, numa cabeçada de Cristiane, após bela arrancada individual e cruzamento de Tamires da esquerda : 2 x 0.

  No finalzinho da primeira etapa levamos o primeiro gol naquela jogada que tanto temíamos:  a bola alçada na área brasileira, as australianas mais robustas ganhando no alto; Kerr, a craque da equipe de camisa amarela completou a bola escorada de cabeça.

Primeiro tempo, 2x 1 Brasil.

*

 Como era de esperar, na  segunda etapa a Austrália foi pra cima, pro tudo ou nada, precisando do triunfo pois perdera na estreia e uma derrota significaria a desclassificação. O Brasil voltou dos vestiários sem Marta, ainda sentindo e se recuperando de lesão na coxa, e sem a experiente Formiga (exausta e com cartão amarelo).

  Forçando a marcação ofensiva, ganhando as divididas e trocando mais passes, as australianas empataram logo aos7 min, num chute longo e cruzado da camiseta 6 (Logardzo), que traiu a goleira Bárbara: 2 x 2. Dez minutos depois, veio a virada: bola alçada, a zagueira Mônica tentou cortar e desviou, contra: Austrália 3 x 2, bem mais inteira física, atleticamente.

  Com as meninas brasileiras já sem pernas e sem gás, as australianas, mais entrosadas também, gastaram tempo e administraram, marcando bem, ocupando melhor os espaços em campo. Na garra, as brasileiras tentaram fazer aquela pressão final, mas não conseguiram finalizar.

*

 Copa América

  A competição, masculina, começa nesta sexta.  O jogo de abertura, à noite, é no Morumbi :  Brasil x Bolívia.

 
*

  O tal VAR

  Por incompetência dos árbitros ou má fé mesmo, favorecimentos useiros, o VAR – tecnologia de arbitragem de vídeo – ao invés de ajudar, no Brasil a cada jogo causa mais  transtornos , problemas e canganchas. Absurdos.

  Nosso atraso é mental, moral, mais  que tecnológico.  Em todos os campos e sentidos.