segunda-feira, 26 de junho de 2017
Esporte

BAHIA passeia na Fonte e Hernane dá vexame, por ZÉDEJESUSBARRÊTO

Vitória joga neste domingo contra o Jacuipense na Toca
ZédeJesusBarrêto , Salvador | 18/03/2017 às 21:52
Bahia 3x0 Galicia
Foto:
O Galícia, lanterna, não foi páreo e levou 3 x 0 do Bahia, vice líder do Campeonato Baiano/2017, nesse sábado de fim de verão, na Fonte Nova, com pouco mais de oito mil pessoas nas arquibancadas. O grande destaque foi o goleiro Hugo, galego, que evitou uma goleada. 

A rodada continua neste domingo, dia de São José, e o líder, o Leão Vitória recebe o Jacuipense na Toca, o Barradão, onde não sabe o que é derrota nesta temporada.
*
Fonte de gols

O confronto foi entre o Bahia, vice líder, e o Galícia no desespero, último colocado na competição. Os dois clubes já fizeram nove finais de campeonato baiano, desde 1934, ano de fundação do Galícia. Hoje a diferença entre os dois é grande.

No tricolor, duas novidades, pelas laterais: a estreias de Wellington Silva, na direita, e o retorno de Mateus Reis, na canhota. No mais, o Tricolor em campo com o de melhor.
*
Bola rolando

Com um elenco muito mais caro, mais entrosado e mais qualificado, o tricolor foi para o ataque assim que a bola rolou, afogando o azulino na sua defensiva, tentando o gol, explorando mais o lado direito de ataque. 
- Aos seis minutos, após cobrança de escanteio da direita, Édson cabeceou forte e a bola chocou-se no travessão. Aos 11’, o goleirão Hugo já começou a mostrar serviço rebatendo um balaço de Hernane, de frente. 

- Aos 16’, o sagueiro Sabino interceptou com o braço um cruzamento do lateral Mateus Reis, o árbitro Ricardo Gonçalves marcou pênalti e deu cartão amarelo ao infrator. Hernane fez gracinha, tentou a chamada cavadinha e entregou facilmente a bola nas mãos do goleiro. Ridículo. 

- Aos 33 min, após um choque de Tiago com o goleiro Hugo, o zagueiro tricolor deixou o campo lesionado e em seu lugar entrou o pesadão Lucas Fonseca. Dois minutos depois, Ze Rafael recebeu passe açucarado de Hernane, de cara, agigantando-se o goleiro Hugo para salvar o gol. 

- Gol que saiu aos 41 minutos, após cobrança de falta de Juninho, pela direita; o zagueiro Lucas Fonsêca peitou a bola desviando-a no cantinho: 1 x 0. Antes do apito final do árbitro, Allione tentou mais um, o goleiro voltou a aparecer bem. 

A primeira etapa foi um ataque contra defesa, o tricolor em ritmo de treino

Nos microfones, antes descer aos vestiários, Hernane minimizou a cobrança irresponsável do pênalti perdido e, ainda por cima, sacaneou a torcida: ‘Eles me vaiam mas vou fazer gol contra o Vitória e eles vão me aplaudir”. Ridículo duas vezes. Bem merecia um puxão de orelhas e multa por parte da diretoria do clube. 

*
- Nos vestiários, Guto ‘Gordiola’ trocou Zé Rafael por Maikon Leite, estreando perante o seu torcedor. 

- Aos dois minutos, Regis de cara carimbou o goleiro e, na sobra, Allione encheu o pé e cobriu o travessão; três minutos depois, novamente Régis parou no goleiro Hugo e, na sobra, Hernane bateu de voleio por cima. Mais uma chance perdida. E mais outras na sequência, os galegos atrás e o tricolor rondando a área, desperdiçando oportunidades de golear. 

- O massacre continuou. Hernane serviu Maikon Leite que, de frente e livre, arrematou para nova boa defesa de Hugo, aos 15. Antes de ser substituído, aos 23 minutos, vaiado (e aplaudido) pelo torcedor, Hernane ainda perdeu outra chance, chutando fora. Entrou Gustavo. 

- Aos 28’, após mais um bombardeio tricolor, o árbitro marcou pênalti numa entrada do zagueiro azulino sobre Allione. Ele mesmo bateu firme e fez 2 x 0. Dois minutos depois, a zaga galega errou na saída de bola e Régis pegou o rebote, entrou livre e colocou no canto: 3 x 0. Aos 41’, trama pela direita e Régis rolou para a finalização de Gustavo, em cima da zaga; na sequência, Régis parou outra vez no goleirão Hugo e, na sobra, Gustavo isolou. 

- Praticamente só um time atacou, mas perdeu muitos gols. Poderia ter sido uma goleada histórica, não fosse uma atuação soberba do goleirão Hugo, que trabalhou muito. 
*
Destaques

Jean praticamente não trabalhou; dos laterais estreantes, Wellington Silva agradou mais; Édson, Regis e Allione foram os melhores, jogaram sério. Hernane foi displicente na disputa e arrogante na cobrança do pênalti. 
Hugo, o goleiro azulino salvou a equipe de uma goleada, destacou-se com grandes defesas e não deixou Hernane marcar. 
*

Próximos compromissos:

Na quarta, o Bahia, já classificado como líder de seu grupo, enfrenta o já desclassificado Fortaleza na Fonte Nova, pelo Nordestão. Poderia ser um jogo amistoso, já que nada vale, mas a rivalidade entre os dois clubes é histórica, coisa antiga entre baianos x cearenses pela hegemonia do Nordeste. Daí ... é pra valer. 
No domingo, 26, o tricolor vai a Guanambi, sudoeste baiano, encarar o Flamengo no estádio Dois de Julho, valendo pontos pelo Baianão/2017. 

*
Ainda pelo Campeonato Baiano, neste domingo, o líder Vitória recebe o Jacuipense no Barradão, onde continua invicto. 
**
Champions

Já estão definidos, por sorteio, os confrontos das quartas de final da Copa dos Campeões, o mais importante torneio de clubes do planeta:
- Bayern Munique x Real Madrid; Barcelona x Juventus (Itália); Atlético de Madri x Leicester; Borússia Dortmund x Monaco.
São três equipes espanholas, duas alemãs e uma da Itália, França e Inglaterra. As oitos melhores da Europa, agora, brigando pelo título. 

**
Domingo é dia de missa e procissões e muitas rezas por chuvas em todo o Nordeste. Todas as honras e homenagens a São José, invocado no seu dia, 19 de março. Viva São José !!!