ter?a-feira, 19 de mar?o de 2019
Economia

Japão anuncia liberacao a caça comercial a baleias a partir de julho

Protestos contra o Japão
Nara Franco , RJ | 26/12/2018 às 17:07
Caça às baleias
Foto:
O Japão retomará a partir de julho a caça comercial de baleias nas águas territoriais e na zona econômica exclusiva do país. O país , anunciou ainda sua desfiliação da Comissão Baleeira Internacional (IWC)

Austrália e Nova Zelândia, país conhecidos pela defesa das baleias, repudiaram a decisão.  

“A partir de julho de 2019, depois que a saída entrar em vigor em 30 de julho, o Japão realizará a caça comercial de baleias dentro do mar territorial do Japão e de sua zona econômica exclusiva, e cessará o abate de baleais no Oceano Antártico/Hemisfério Sul”, disse o secretário-chefe de gabinete, Yoshihide Suga, em um comunicado ao anunciar a decisão.

“A caça às baleias será realizada de acordo com a lei internacional e dentro dos limites de abate calculados de acordo com o método adotado pela IWC para evitar um impacto negativo nos recursos cetáceos”, disse Suga.

A decisão japonesa de se desligar da IWC veio após a rejeição mais recente de uma proposta de Tóquio para retomar a caça comercial em uma reunião de setembro, no Brasil. 

Em 2014 o Tribunal Penal Internacional determinou que o Japão deveria suspender a caça na Antártida – o que Tóquio fez durante uma temporada, reduzindo o número de animais e espécies visados, mas reiniciou na temporada. Mesmo com  a decisao de retomar a pesca, a proibicao na Antartida permanece.