Colunistas / Cinema
Diogo Berni

HISTÓRIAS DE AMOR DURAM APENAS 90 MINUTOS, COMO A VIDA

VEJA TAMBÉM COMENTÁRIOS DE OUTROS FILMES
04/10/2011 às 08:01
Foto: DIV
Histórias de amor...perde-se aqui, ganha-se acolá. A vida também é assim
Histórias de amor duram apenas 90 minutos, 2009, com o Caio Blatt conta a estória de um escritor fracassado que não consegue sair da pÁgina 50 de seu romance.

No ócio total de sua vida, e não criativo, mas caótico, escreva-se de passagem, ele descobre que sua bela mulher morena o traí com outra bela loira; fica louco e apaixonado pela loira e acaba ficando só no fim, porém saí da página 50, ou seja: evoluiu através das suas experiências e amadureceu e acabou seu  tão difícil e filho romance.

Perdeu ali e ganhou acolá, assim também é a vida.

Conan, o Bárbaro, dirigido pelo Marcus Nispel2011 fostes uma inusitada e boa dose de adrenalina que precisava no momento. Com um belo cenário e um roteiro arrumado, a película faz de fato ficarmos envolvidos nela, ora por outra percebendo alguns furos no roteiro, principalmente quando o Bárbaro, em certa vez, quando acaba de dar uma com a gostosona do filme, ela desaparece e é capturada.
 
Ficou meio tosco essa parte, mas pra um filme de ação e pelos efeitos não se é de todo ruim.

Balada Triste de Trompeta ou Balada do Amor e do Ódio (2011), do Álex de la Iglesia é um filmaço com F maiúsculo.

Com a essência da profissão palhaço debatida em ser triste ou alegre: qual é o melhor ou mais amoroso, verdadeiro, sei lá o que mais, trava-se então um embate em plena era Franquista em Madri, Barcelona e com passagens em Paris também, em busca de uma mesma bela mulher entre o palhaço triste por suas lembranças de vida, e do palhaço alegre, que é violento, marcante e destemido em ferir sentimentos alheios.

Trata-se de uma legitima sétima arte, que te prende do inicio ao fim, com a pontinha da magia do mundo do circo fazendo a margem da película.

Ex-isto do Cao Guimarães 2011 é pura viagem esta película da série Iconoclastas protagonizado desta vez por João Miguel, velho conhecido dos nossos tempos de teatro, onde me dava dica como atuar.

Parei, mas ele, fugindo da cena global ou entrando aos poucos, continuou e se tornou em um dos melhores atores brasileiros em minha opinião. Neste filme, ele literalmente arrasa, incorporando Renné Descartes totalmente perdido em terras tropicais no século XIV. Película toda inspiradora e não expiradora, ou seja, cada um saí do cinema com a sua sensação; minha sensação ou opinião sobre a película: muito boa e o melhor: de graça.

Longuinquio
, do diretor Nuri Bilge Ceylan, Turquia 2002; O filme trata do encontro entre dois homens, o desempregado Yusuf que deixa sua aldeia para procurar emprego em Istambul e seu parente abastado Mahmut, um fotógrafo freelance. Um filme meio parado, mostra a dureza do desemprego mundial; filme premiadissímo e recomendadíssimo.

Onde está a felicidade? Que filminho engraçadinho é este o da protagonista e roteirista Bruna Lombardi, que por sinal deve ter entrado em um pote de formol tamanha sua beleza e a idade que não passa a ela. Em resenha temos a estória de uma apresentadora de TV, que odeia seu lavoro, e um marido relapso que gosta mais de futebol do que o próprio avião que é a sua mulher.

Daí ela entra em depressão e decide fazer o caminho de Santiago de Compostela. A meu ver a película da Bruna Lombardi acabou-se desmistificando esse "ritual" do caminho, tornando-se uma coisa possível para todos, mas por outro lado acabou esculhambando também esse "ritual místico" que é o próprio caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Esculhambando, pois não se trata o trajeto com a seriedade ou lucidez que deveria tratá-lo.

Minhas mães e meu pai
da Lisa Cholodenko com a Julianne Moore USA 2010, é um filmaço, comovente, inteligente e bem filmado. Conta a estória de um casal de lésbicas que tem dois filhos promovidos por inseminação artificial do mesmo semém. Ao completar 18 anos a filha mais velha do casal decide entrar em contato com esse vulgo semém. Com isso pai e filhos se encontram e começa a aí de o filme com uma das lésbicas se envolvendo com o pai ou esse doador de semém, estremecendo toda a família.