quinta-feira, 27 de junho de 2019
Cultura

Península de Itapagipe recebe espaço de leitura nesta segunda-feira

Projeto Cantos de Leitura irá beneficiar famílias dos catadores da CAMAPET e jovens da Rede Reprotai, além da comunidade de quatro bairros da região
Viva Interativa , Salvador | 06/06/2019 às 11:02
Espaço prevê brinquedoteca e 1200 livros
Foto: divulgação
Próxima segunda-feira (10), os livros estarão no centro das atenções na Região da Península de Itapagipe, em Salvador. É lá que funciona a Cooperativa de Coleta Seletiva, Processamento de Plástico e Proteção Ambiental (CAMAPET), que irá receber, às 10h, o projeto Cantos de Leitura, com mobiliário de mesas e cadeiras, brinquedoteca e acervo de 1200 livros, que passa a servir toda comunidade dos bairros de Massaranduba, Uruguai, Jardim Cruzeiro e Enseada do Lobato.
O Cantos de Leitura é uma realização da Rede Educare com patrocínio da Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, via Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura. O espaço de ambientação lúdica, que também conta com materiais pedagógicos e brinquedos educativos, será implantado na sede da Rede Reprotai (Rede de Protagonistas em Ação de Itapagipe), vizinha à CAMAPET, no bairro do Uruguai.
O nova biblioteca irá beneficiar não apenas as famílias dos 22 catadores da CAMAPET, como os 35 jovens que formam a Rede Reprotai, cujo objetivo é combater as desigualdades e buscar soluções em defesa da qualidade de vida dos moradores da península de Itapagipe. “Já existia um movimento do Reprotai em torno da construção de uma gibiteca e agora é com festa que  recebemos o Cantos de Leitura, que é uma biblioteca de verdade”, comenta Jamira Muniz, coordenadora do Centro Cultural Alagados.
“O espaço vai impactar de forma importante porque a questão da leitura tem diminuído a cada dia, e essa oportunidade vai abrir caminho para outro tipo de conhecimento, que não vem da internet, e sim dos livros. Eu mesmo, como educador social, rapper e poeta, não tinha esse hábito, e hoje vejo o quanto é fundamental para minha formação. Então o Cantos de Leitura chega na melhor hora porque não tem como a gente falar de leitura sem que exista um espaço para que as crianças e adolescentes tenham esse primeiro contato”, comenta Carlos Luz, educador social da Rede Reprotai.
Ao apostar na educação e na cultura, o projeto Cantos de Leitura dá sua contribuição em comunidades localizadas em áreas de vulnerabilidade social. "A ideia é estimular o prazer pelo ato de ler e promover a autoestima de pessoas, pois muitas nunca tiveram o livro em suas vidas. O projeto propõe, também, o acesso a um espaço onde podem ‘aprender a ser, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a conhecer’, seguindo os princípios ensinados por Jacques Delors”, realça Kátia Brasileiro, diretora da Rede Educare.
Para Eunice Lima, diretora de Comunicação e Relações Governamentais da Novelis América do Sul, é preciso conhecer as comunidades locais para proporcionar experiências que possam fazer a diferença na vida das pessoas. “A Novelis é agente de transformação social, valoriza a educação e também fornece suporte para que projetos como o Cantos de Leitura sejam sinônimo de mudanças positivas para a sociedade. Para nós, apoiar iniciativas que contribuem para o desenvolvimento das comunidades é parte do nosso compromisso de juntos criarmos um mundo mais sustentável e justo”, conclui.
A unidade da CAMAPET é 32ª inaugurada pelo Cantos de Leitura no Brasil. Em 2019, o projeto implanta 16 novos espaços em cidades brasileiras. Até o momento, já foram doados cerca de 35 mil livros. Até o fim do ano, serão ao todo 55 mil livros de diferentes editoras e gêneros literários, colocados à disposição de milhares de beneficiados do projeto, entre crianças, jovens e adultos.

Inauguração Cantos de Leitura – CAMAPET (Península de Itapagipe)

Quando: Segunda-feira (10/6)

Horário: 10 horas

Onde: Rede Reprotai

Endereço:  Rua Direta do Uruguai, s/n

Conheça!

O Cantos de Leitura é realizado pela Rede Educare e busca estimular o contato de crianças, jovens e adultos com a literatura, possibilitando o acesso gratuito da comunidade ao conhecimento. A partir de uma metodologia social de desenvolvimento de atividades em torno do acesso aos livros, o projeto busca criar espaços de valorização e socialização desses indivíduos que vivem regiões vulneráveis. Com foco na formação de novos leitores, o Cantos de Leitura acredita na abertura de perspectivas, na partilha de entendimentos e na socialização. O acervo do Cantos de Leitura é formado por jornais, revistas, periódicos além de um vasto catálogo de livros
Rede Educare: - A Rede Educare nasceu em 2008 inspirada pela crença de que é possível transformar a realidade desde que pessoas, empresas, governos e organizações estejam imbuídos do mesmo propósito. Nesses 11 anos, tornou-se referência no Brasil em projetos de transformação social. Em outras palavras, a Rede Educare promove diálogos para modificar vidas.
Especializada em leis de incentivo, atua em todo o Brasil, tecendo encontros entre produtores e empresas que acreditam em cultura, esporte, saúde e ações sociais para realizar projetos inovadores de impacto social. “Hoje temos certeza do nosso propósito. Somos uma empresa diversa, com crenças, força e ideias. Sim, ideias mudam o mundo quando temos pessoas que querem realizar o novo”, comemora Kátia Brasileiro, diretora da Rede Educare.