quarta-feira, 26 de junho de 2019
Cultura

EXPO VERGER EM VALENCIA: Registros da Espanha de 1935, por TASSO FILHO

A Exposição fica em Valencia até dia 7 de julho
Tasso Filho , Valencia | 26/05/2019 às 18:41
A Expo está na sala Parpalló, em Valencia
Foto: TF
   O franco-baiano Pierre Verger expõe dezenas de fotos sobre a Espanha no MuVIM - Museu Valencia de Ilustração e Modernindade - até o próximo dia 14 e tem atraido a atenção de admiradores da arte, da fotografia, da história e da imagem. 

   A mostra de Verger registra momentos da Espanha, em 1935, quando o francês que depois foi morar em Salvador da Bahia e se tornou um icone da fotografia e estudioso do candomblé, com vários livros publicados, fez uma viagem de 3.500 km de bicicleta pela Espanha e registrou tudo na sua câmera Rolleiflex.

   Saindo de Portbou e cruzando a Catalunha o mestre da fotografica captou momentos únícos e simbólicos daquela época. Paisagens, construções, hábitos e culturas de uma Espanha pós primeira guerra mundial. 

   Suas fotos e registros compõem a exposição "Pierre Verger: Uma viagem fotográfica pela República Espanhola" que acontece no MuVIM Museu Valencia de Ilustração e Modernidade) até o dia 14 de julho na sala Parpalló.

   O francês passou pelas cidades de Barcelona, Villareal, Valencia, Alicante, Elche, Lorca, Granada, Almeria, Ubeda, Córdoba, Sevilla, Málaga, Arcos de la Frontera, Ronda e Madrid. 

   As fotografias mais marcantes dessa jornada são as da La Rambla (Barcelona), da marina de Valencia e da Gran Via em Madrid.

   Após viajar pelo mundo, Pierre Verger, em 1946 chegou ao  Brasil e se encantou com Salvador onde passou o resto de sua vida até falecer aos 94 anos de idade em 1996. Em Salvador adotou o nome de Pierre Fatumbi Verger e morou muitos anos na Vila América, próximo a um terreiro de candomblé, em Salvador.