quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Cultura

Morre aos 86 anos cineasta Roberto Farias de O Assalto do Trem Pagador

Perda para o cinema
Nara Franco , RJ | 15/05/2018 às 07:12
Roberto Farias
Foto:
O cineasta, produtor e distribuidor Roberto Farias morreu ontem (14) aos 86 anos, no Hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro, onde estava internado para tratamento de um câncer.

Ele produziu e dirigiu em sua trajetória mais de 25 filmes. Nasceu em 1932 em Nova Friburgo, região serrana do Rio, e, ainda jovem, cursou a Escola de Belas Artes, indo trabalhar nos estúdios Atlântida. A empresa cinematográfica se notabilizou por produções consideradas baratas e de grande apelo popular, conhecidas como chanchadas.

Em nota, a diretoria da Agência Nacional do Cinema (Ancine) expressou profundo pesar pelo falecimento do diretor, produtor e distribuidor e enumerou a carreira cinematográfica de Roberto Farias.
 
Ele foi realizador do clássico O Assalto ao Trem Pagador (1962). Farias foi diretor-presidente da Academia Brasileira de Cinema e diretor geral da Embrafilme, entre 1974 e 1978. O cineasta começou a carreira no início dos anos 1950 como assistente de direção da Atlântida.