segunda-feira, 20 de novembro de 2017
Cultura

Concerto do Neojibá TCA terá mensagem de combate ao trabalho infantil

Acontece no dia 25 de maio
Da Redação , Salvador | 19/05/2017 às 11:32
NEOJIBÁ
Foto:
O concerto que o Neojibá promove este mês no Teatro Castro Alves, em Salvador, trará mais do que boa música para a plateia. É que os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia são o mais novo parceiro da rede de combate ao trabalho infantil no estado. Durante o evento, uma ação vai apresentar a campanha #Chega de Trabalho Infantil, com a exibição de um vídeo. O concerto acontece no próximo dia 25 de maio (quinta), às 19h30, e os ingressos custam R$4 (inteira) e R$ 2 (meia). A campanha é uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT) em todo o país e já teve repercussão na Bahia durante o Carnaval, quando todos os pontos de vendas de um dos patrocinadores da festa em Salvador exibiram banners da campanha.

Para a coordenador regional de combate a trabalho infantil do MPT na Bahia, Virginia Senna, “só é possível enfrentar a naturalidade que ainda hoje se dá ao trabalho de crianças e adolescentes em idade escolar através do envolvimento de uma ampla rede. Por isso, temos investido muita energia em articular os esforços de órgãos públicos e entidades da sociedade civil organizada em torno desta questão.” Durante o concerto, além de um vídeo com depoimento de artistas consagrados em apoio à campanha, a mensagem estará impressa no programa e ainda haverá uma breve participação de representante do MPT para convocar o público a aderir.

A série Neojibá no TCA do mês de maio celebra paisagens poéticas e o Poema Sinfônico. Sob a batuta do regente venezuelano Manuel López-Gómez, , as Orquestras Juvenil da Bahia e Castro Alves apresentam poemas sinfônicos e outras obras relacionadas ao tema. Os destaques são Don Juan, do austríaco Richard Strauss, e Os Pinheiros de Roma, do italiano Ottorino Respighi. Também fazem parte do repertório a abertura da ópera Ruslan e Ludmila, de Mikhail Glinka, Dança Macabra de Camille Saint Saens e A Máquina de Escrever (The Typewriter), de Leroy Anderson. 

Crianças, adolescentes e jovens de outros dois Núcleos de Prática Orquestral e Coral do Neojibá também participam desta edição. A turma do Núcleo Conquista Criança, de Vitória da Conquista, toca Tomahawk, de Ralph Matesky, enquanto a Banda Sinfônica da Paz, do Núcleo Bairro da Paz, em Salvador, apresenta Aquarela do Brasil, de Ary Barroso. Os integrantes desses dois centros de prática musical do Neojibá se juntam para apresentar Assum Preto, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira. Essa será a primeira vez que as crianças e adolescentes do Núcleo Conquista Criança se apresentam no Teatro Castro Alves. 

Programa Neojibá - Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) tem por objetivo promover na Bahia o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O Neojibá beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

SERVIÇO
Série Neojibá no TCA
Concerto Paisagens Poéticas
Orquestra Juvenil da Bahia | Orquestra Castro Alves
Núcleo Bairro da Paz | Núcleo Conquista Criança
Regência: Manuel López-Gómez
Quinta, 25 de maio, às 19h30
R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)