segunda-feira, 16 de setembro de 2019
Bahia

Lauro: Programa leva conhecimento em saúde à Escola Santa Júlia

Mais de 200 colegiais da educação básica participaram da interação
Imprensa Lauro , Lauro de Freitas | 11/09/2019 às 05:08
Programa leva conhecimento em saúde à Escola Santa Júlia
Foto: Rafael Magno
Os estudantes da escola Municipal Santa Júlia, localizada na Itinga, tiveram uma manhã diferente nesta terça-feira (10). No pátio da unidade, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) de Lauro de Freitas levou ações do Programa Saúde na Escola (PSE), com foco na promoção, prevenção e atenção à saúde dos alunos da rede pública de ensino. Mais de 200 colegiais da educação básica participaram da interação que ensinou desde a importância da alimentação saudável a noções de primeiros socorros com palestra da SAMU 192.
A coordenadora executiva da Sesa, Elisa Daltro, explica que o PSE integra as políticas de saúde e educação voltadas às crianças e adolescentes da educação pública no intuito de promover bem estar e inserir os jovens na comunidade como agentes multiplicadores. “O objetivo é reforçar a promoção da saúde e prevenção de doenças entre os estudantes e construir uma cultura de cuidados voltados desde a alimentação adequada à praticas de esportes regulares. O programa acredita que quanto mais cedo o indivíduo atentar para isto as chances de desenvolvimento de doenças causadas pela obesidade, sedentarismo e má alimentação são reduzidas”, disse.
Diante de uma mesa repleta de alimentos ilustrativos, a pequena Ana Lívia, de 10 anos, aprendeu sobre nutrição e a importância de um cardápio variado. “Quanto mais cores no prato melhor”, disse. Já sua colega, Sofia Santos disse que vai tentar experimentar alimentos que diz não gostar. “Eu vou tentar comer mais verduras e legumes. Não gosto, mas vou tentar conhecer mais variedades”, contou afirmando ainda que deixará as guloseimas para finais de semana. “Biscoitos recheados só de vez em quando”, frisou sorrindo.
Empolgados com a presença da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os meninos do sexto ano disputaram para conseguir a oportunidade de ser voluntário por um dia. Debruçados sobre bonecos, que representavam corpos adultos, infantis e de recém-nascidos eles aprenderam mais sobre a importância de não se fazer trote para o serviço e de como isso pode prejudicar o salvamento de quem precisa do atendimento. Conheceram também os canais de interação com o SAMU e a execução da manobra de Heimlich.
Além das abordagens realizadas com fisioterapeutas para conhecimento motor, a ação levou ao Santa Júlia atualização do calendário vacinal com doses de tríplice viral, HPV, varicela (DT) e atualização do peso para o Programa Bolsa Família.