sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Bahia

COITÉ: Mulher morre em acidente de moto pilotada por seu filho

Drama familiar: moto era dirigida pelo filho da vitima. Com Calila informações
Da Redação , da redação em Salvador | 15/05/2018 às 09:15
Morte na BA 409 estrada Coité a Serrinha
Foto: Calilla
Uma colisão de motos por volta das 07h desta segunda-feira,14, na BA 409 perímetro urbano de Coité na saída para Serrinha, provou a morte de Ivonete Araújo Almeida, que seguia no carona da moto pilotada pelo filho não identificado pelo Calila, quando este teria colidido no fundo de outra moto e acabou caindo e morreu no local.


Sargento Almeida foi um dos primeiros a parar no local do acidente e deparou com a irmã no solo | Foto: Raimundo Mascarenhas

A vítima que é irmã do sargento PM Almeida e do vereador Araújo estava chegando no trabalho, uma empresa do ramo calçadista que fica a cerca de 250 metros do local do acidente. O condutor da moto  atingida pela que conduzia Ivonete também não teve a identidade revelada, mas se manteve no local do acidente. Residente no Conjunto Habitacional Cidade Jardim, ele disse que tinha deixado a esposa no trabalho e estava retornando para casa quando foi atingido no fundo. Foi a única versão até o fechamento dessa reportagem.

A Polícia Rodoviária Estadual – PRE e Policia Civil deverão ouvir também o jovem que conduzia a moto para concluir quem foi realmente o causador do acidente.

Sargento Almeida foi um dos primeiros a passar pelo acidente

Imagine a forte comoção de uma pessoa estar passando e deparar com um acidente e ver um vítima sem sinais vitais e esta se aproximar para verificar e encontra um enti querido. Pois, isto aconteceu com o sargento Almeida, ele se dirigia na companhia do soldado Rangel para cumprir seu trabalho na cidade de Lamarão quando viu uma pessoa no solo, no primeiro momento reconheceu o sobrinho e ao se aproximar verificou que aquela vítima fatal era sua irmã.

O militar não escondia o sentimento de dor, mas ao mesmo tempo estava ali disciplinando o trânsito enquanto aguardava a chegada da PRE.”Nos reunimos ontem na casa para celebrar o dia das mães e hoje a gente vive uma tristeza dessa”, lamentou Almeida.

O vereador Araújo também esteve no local.