quinta-feira, 30 de março de 2017
Bahia

Iniciadas construções estações do BRT na avenida João Durval Carneiro

Com informações da Secom FSA
Da Redação , Salvador | 20/03/2017 às 18:54
Seminário sobre mobilidade em Feira de Santana
Foto:
As construções de duas estações de embarque e desembarque de passageiros, do sistema BRT, sigla em inglês para Transporte Rápido por Ônibus, no Corredor da avenida João Durval Carneiro foram iniciadas pela Prefeitura de Feira de Santana.
 
Um dos equipamentos fica à altura do Boulevard Shopping, cuja área já está protegida por tapumes metálicos, e o segundo, próximo do Hospital Unimed está sendo isolado por operários. Em ambos, o canteiro central já foi retirado.
 
Como na área os tapumes ocuparão a pista de rolamento, a parada de veículos próximo destes canteiros de obras não está sendo permitida, bem como os pontos de ônibus que existem neste locais foram colocados mais adiante.
 
Além da sinalização realizada pela SMT (Superintendência Municipal de Trânsito), agentes de trânsito estão orientando motoristas e pedestres sobre as mudanças temporárias naquela região da cidade.
 
De acordo com a SMT, nesta segunda-feira, 20, não foram registrados problemas de retenção, mesmo pela manhã, quando se registra grande fluxo de veículos dirigidos ao centro da cidade.
 
Como não está sendo permitido estacionar próximo das futuras estações, motoristas continuam tendo duas pistas para circular, sem enfrentar problemas. Mas devem aumentar a atenção naquela área.

SEMINÁRIO

Técnicos e especialistas em mobilidade urbana, considerados referências neste tema no Brasil e no mundo, participam, nesta terça-feira, 21, do Seminário de Mobilidade Urbana Sustentável da World Business Council for Sustainable Development (WBCSD - Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, na sigla em Inglês). O evento, resultado de parceria entre a Pirelli e a Prefeitura Municipal, será realizado das 9h às 13h, no teatro da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). 
 
Feira de Santana é a segunda no país e a sétima em todo o mundo a receber o projeto, de iniciativa do Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável. É uma etapa preparatória para articulação de um plano de mobilidade urbana para Feira e cidades da Região Metropolitana, semelhante ao que foi desenvolvido em Campinas, São Paulo, que já se encontra em execução – a outra cidade brasileira contemplada com o projeto. A indústria de pneumáticos Pirelli promove o seminário e se responsabiliza pelos custos de elaboração do Plano.
 
A programação do evento começará ás 8h com recepção aos convidados e credeciamento. As 9h acontece a abertura, que será feita pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, abordando o tema "Feira de Santana: cidade de possibilidades". O dirigente da Pirelli, Filippo Bettini, falará sobre "Uma visão de mobilidade urbana. O representante da WBCSD, Stephan Herbst, explicará a metodologia do SMP 2.0 (Sustainable Mobility Project), projeto que engloba grandes empresas multinacionais, dentro do cluster de mobilidade. 
 
Em seguida o secretário de Transportes de Campinas-SP, Carlos Barreiro, apresentatá o "Case Campinas: cidade em transformação". O segundo bloco do evento será iniciado com a palestra do sócio-fundador do TC Urbes, Ricardo Corrêa, sobre o tema "Cidades para pessoas e mobilidade urbana". O professor da Escola Politécnica da UFBA, Juan Moreno, abordará sobre: "Mobilidade Sustentável, Redes de Transporte e Políticas Integradas". 
 
O seminário também terá espaço para apresentações de soluções de transporte e tecnologia para mobilidade sustentável. A representante da Renault, Silvia Barcik, mostrará o car-sharing e veículo elétrico individual. O tema "Chegou a hora da mobilidade elétrica no Brasil" será abordado por Adalberto Maluf. A executiva da Siemens, Márcia Sakamoto, fará uma apresentação sobre: "Mobilidade e smart cities: conectividade e software urbano".